Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a quarta

Redação Notícias
·3 minuto de leitura
Advogado de defesa usou fotos de Mariana para atacar a jovem (Foto: Reprodução/The Intercept Brasil)
Advogado de defesa usou fotos de Mariana para atacar a jovem (Foto: Reprodução/The Intercept Brasil)

Covid-19: Brasil tem 243 mortes em 24 horas, Caso Mariana Ferrer: como estupro de vulnerável virou 'culposo', Caso Mariana Ferrer: CNJ vai analisar conduta de juiz, Estupro culposo: entenda porque o termo não é válido, MP denuncia Flávio Bolsonaro por quatro crimes, é falso que 48 morreram após teste da vacina chinesa, incêndio em Hospital no RJ: vítimas fatais chegam a oito, ensino médio retoma aulas presenciais em SP e Russomanno diz que vacina deveria ser testada em doentes.

Covid-19: Brasil tem 243 mortes em 24 horas

O Brasil registrou 243 novas mortes pelo novo coronavírus e 11.843 novos casos da doença nesta terça (3). Com isso, o total de mortos chegou a 160.496 e o de casos a 5.566.049, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Caso Mariana Ferrer: como estupro de vulnerável virou 'culposo'

André de Camargo Aranha, acusado de estuprar Mariana Ferrer em uma festa em 2018, foi absolvido no julgamento. A argumentação da promotoria foi de que o ocorrido foi um “estupro culposo”, ou seja, quando não há intenção de cometer o crime. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Caso Mariana Ferrer: CNJ vai analisar conduta de juiz

O conselheiro do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) Henrique Ávila entregou uma representação para que a Corregedoria do órgão analise a conduta do juiz e do membro do Ministério Público que atuaram no caso do estupro da influencer Mariana Ferrer. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Estupro culposo: entenda porque o termo não é válido

O termo “estupro culposo” passou toda a terça-feira, 3, entre os assuntos mais comentados nas redes sociais. O termo foi usado pelo promotor Thiago Carriço de Oliveira, responsável pelo caso em que André de Camargo Aranha é acusado de estuprar Mariana Ferrer. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

MP denuncia Flávio Bolsonaro por quatro crimes

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), o ex-assessor Fabrício Queiroz e outros 15 investigados pela prática dos crimes de organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e apropriação indébita no caso de suposta "rachadinha" na Assembleia Legislativa fluminense. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

É falso que 48 morreram após teste da vacina chinesa

Segundo a agência de notícias Reuters, Singapura suspendeu a aplicação de duas vacinas (SKYCellflu Quadrivalent e VaxigripTetra) contra a gripe, e não contra a Covid-19, após a morte de 48 pacientes na Coreia do Sul. Nenhuma das duas é chinesa: a primeira é produzida pela SK Bioscience, da própria Coreia do Sul, e a segunda é da farmacêutica francesa Sanofi. O governo sul-coreano alega que as mortes não tiveram relação com a aplicação das vacinas. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Incêndio em Hospital no RJ: vítimas fatais chegam a oito

Uma mulher de 61 anos foi a oitava paciente do Hospital Federal de Bonsucesso a morrer após o incêndio na unidade na terça-feira, dia 27 de outubro. A Secretaria municipal de Saúde (SMS) confirmou o óbito, ocorrido na noite de domingo, dia 1º. A paciente, que usava um respirador, estava em estado muito grave e instável desde a transferência para o CER Leblon, na Zona Sul do Rio. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Ensino médio retoma aulas presenciais em SP

Depois de mais de sete meses sem autorização para dar aulas presenciais, as escolas da capital paulista podem a partir desta terça, 3, retomar o conteúdo formal para o ensino médio. Até então, só estavam liberadas atividades extracurriculares. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Vacina deveria ser testada em doentes, diz Russomanno

O deputado federal Celso Russomanno (Republicanos), candidato à Prefeitura de São Paulo, afirmou nessa terça-feira (3), que a vacina contra o novo coronavírus deveria ser testada em quem já está doente, além de ser testado em crianças e idosos. LEIA A MATÉRIA COMPLETA