Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a quarta-feira (13)

·2 minuto de leitura
Mulher toma a Coronavac durante campanha de vacinação em setembro de 2021, em São Paulo (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Mulher toma a Coronavac durante campanha de vacinação em setembro de 2021, em São Paulo (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

Brasil tem a menor taxa de transmissão do coronavírus desde abril de 2020; CPI da Covid desiste de ouvir Queiroga; Bolsonaro é vaiado e saudado ao chegar em Aparecida; Governo gasta R$ 204 milhões em cartões corporativos e bate recorde; Vivo, Tim e Claro pagarão multa de quase R$ 30 milhões.

Confira as principais notícias para você começar a quarta-feira, 13 de outubro de 2021:

Brasil tem a menor taxa de transmissão do coronavírus desde abril de 2020

O Brasil registrou nesta semana a menor taxa de transmissão do coronavírus desde abril de 2020, quando o índice começou a ser medido. Atualmente, o número está 0,60, segundo a medição feita pelo Imperial College de Londres, divulgada na última segunda-feira (11). LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

CPI da Covid desiste de ouvir Queiroga e terá leitura do relatório final na próxima terça-feira

A CPI da Covid decidiu cancelar o que seria a terceira oitiva do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Ele seria o último depoente a falar na comissão e seria recebido na próxima segunda-feira (18). Na terça (19), Renan Calheiros (MDB-AL) apresentará o relatório final. LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

Bolsonaro é vaiado e saudado ao chegar em Aparecida para festa da padroeira

O presidente Jair Bolsonaro foi vaiado e saudado por pessoas que acompanharam a sua chegada à cidade de Aparecida, no Vale do Paraíba, para participar da celebrações do Dia da Padroeira. A chegada do presidente, no começo da tarde, foi acompanhada por centenas de pessoas. LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

Governo Bolsonaro gasta R$ 204 milhões em cartões corporativos e bate recorde

O governo Bolsonaro gastou, até setembro de 2021, R$ 204,8 milhões com cartões corporativos. O valor é 19,9% maior do que o registrado em todo o ano de 2020, que totalizou R$ 170,7 milhões. LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

Vivo, Tim e Claro pagarão multa de quase R$ 30 milhões

O Procon Carioca multou a Vivo, Claro e Tim por conta de problemas na comunicação e ressarcimento automático dos consumidores. Somadas, as multas chegam a quase R$ 30 milhões. LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos