Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a sexta (12)

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Canetada de Jair: presidente vai nomear 75 desembargadores

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai dar a maior canetada da história recente do judiciário brasileiro ao nomear, no próximo ano, 75 desembargadores para seis tribunais regionais federais do país. Leia a matéria aqui.

Bolsonaro anuncia desoneração da folha de pagamento por mais 2 anos

O presidente Jair Bolsonaro anunciou que a desoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia vai valer por mais dois anos. A confirmação ocorreu após uma reunião de Bolsonaro com empresários, no Palácio do Planalto, sobre o tema. A medida teria fim no mês que vem. Leia a matéria aqui.

Fiocruz descarta mal da vaca louca em dois pacientes do Rio

A Fundação Oswaldo Cruz afirmou os que dois pacientes internados para investigação da doença da vaca louca estão, na verdade, com suspeita da forma esporádica da DCJ (doença de Creutzfeldt-Jakob), considerando aspectos clínicos e radiológicos. A forma esporádica não tem relação com o consumo de carne bovina. Leia a matéria aqui.

Congresso aprova R$ 9,3 bi do orçamento para Auxílio Brasil

O Congresso Nacional aprovou nesta quinta-feira (11) projeto que remaneja R$ 9,3 bilhões do orçamento do Bolsa Família para o Auxílio Brasil, novo programa social criado pelo governo de Jair Bolsonaro para ter sua “marca” própria na área social. Leia a matéria aqui.

Gilberto Gil é eleito imortal pela Academia Brasileira de Letras

A Academia Brasileira de Letras (ABL) terá mais um representante da música popular entre seus quadros. A informação foi dada em primeira mão pelo blog de Ancelmo Gois. Ele foi eleito com 21 votos. O cantor, compositor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil foi eleito para a cadeira nº 20 da casa, que foi do jornalista Murilo Melo Filho. Leia a matéria aqui.

Morre a jornalista Cristiana Lôbo

O mundo do jornalismo lamenta nesta quinta-feira (11) a morte de Cristiana Lôbo, comentarista de política da GloboNews e do portal G1. Há alguns anos, a jornalista tratava um mieloma múltiplo, um tipo de câncer que acomete a medula óssea. Leia a matéria aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos