Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a terça (17)

Prison concept. Jail bars and metal handcuffs on the floor, dark background. 3d illustration
Prison concept. Jail bars and metal handcuffs on the floor, dark background. 3d illustration

Confira as principais notícias para começar o dia nesta terça-feira, 17 de maio de 2022:

Assassino do ator Rafael Miguel é preso

Depois de quase três anos da morte do ator Rafael Miguel e dos pais dele, o réu Paulo Cupertino Matias foi preso nesta segunda-feira (16), em São Paulo. Cupertino foi encaminhado para o 98º Distrito Policial, no Jardim Miriam, zona Sul da capital paulista, e deve ser levado para a 6ª Seccional. Leia a matéria aqui.

Amber Heard diz que Johnny Depp a 'enforcou' durante lua de mel

O julgamento entre Johnny Depp, 58, e Amber Heard, 36, foi retomado nesta segunda-feira (16), e seguiu com o testemunho da atriz, após uma semana paralisado. Ela chegou a afirmar que foi "enforcada" com uma camisa pelo ex-marido e astro do cinema. A briga teria acontecido no ano de 2015, durante a lua de mel do ex-casal. Leia a matéria aqui.

Bolsonaro afirma que nunca será preso, cita facada e diz: 'Sou imorrível'

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta segunda-feira (16), durante abertura da feira de supermercados APAS Show, em São Paulo, que nunca será preso. Antes, ele falou que responde a vários processos. O chefe do Executivo também relativizou as manifestações de cunho golpista que ocorreram em 7 de Setembro do ano passado e em 1º de Maio deste ano. Leia a matéria aqui.

Saiba quanto deve ser o salário mínimo em 2023, 2024 e 2025

Anunciado em abril deste ano sem aumento real, o salário mínimo para 2023 será de R$ 1.294. O reajuste consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2023 e também revela as previsões para a base salarial em 2024 e 2025. Leia a matéria aqui.

McDonald’s anuncia que vai deixar a Rússia após 30 anos

A rede de fast-food McDonald's decidiu sair de forma definitiva da Rússia após 30 anos de atividade no país. Após suspender de forma temporária o funcionamento de seus mais de 800 restaurantes, a cadeia de hambúrgueres anunciou que venderá seus negócios no país do leste europeu por causa da guerra na Ucrânia. Leia a matéria aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos