Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a quarta (29)

Senador Randolfe Rodrigues (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Senador Randolfe Rodrigues (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

CPI do MEC

No início da tarde desta terça-feira (28), o senador Randolfe Rodrigues entregou o protocolo para abertura de uma CPI para apurar irregularidades no MEC. Para que a comissão seja instalada, é necessária a autorização do presidente da casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). "Em decorrência da prisão do senhor ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, conseguimos, finalmente, as assinaturas que restavam. Esse documento é protocolado hoje com 31 assinaturas", afirmou. Os três últimos nomes a se somarem ao pedido foram Marcelo Castro, Confúcio Moura e Jarbas Vasconcelos. Leia a matéria aqui.

Um ano da morte do Lázaro

O dia 28 de junho marca o aniversário de um ano do fim das buscas pelo criminoso Lázaro Barbosa, morto pela polícia neste mesmo dia, mas em 2021. As semanas de caça ao serial killer mobilizaram centenas de agentes e mobilizaram a atenção da população. Por 20 dias, a polícia mobilizou esforços para encontrar Lázaro. Se os crimes cometidos por ele, que envolviam assassinatos e estupros, tinham requintes de crueldade, o papel das instituições não deixou por menos: o homem foi capturado e morto com pelo menos 125 tiros disparados pela polícia. Leia a matéria aqui.

Cármen Lúcia

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, disse considerar grave a possibilidade de o presidente Jair Bolsonaro (PL) ter interferido na investigação da Polícia Federal, que apura suspeita de corrupção no Ministério da Educação. A partir de um pedido apresentado pelo deputado Israel Batista (PSB-DF), para que Bolsonaro seja investigado, Cármen Lúcia enviou o documento para análise da Procuradoria-Geral da República. Leia a matéria aqui.

Caso Henry

A Justiça do Rio de Janeiro ordenou nesta terça-feira (28) que Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, volte para a cadeia por envolvimento na morte do garoto, em abril do ano passado. A decisão partiu do desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, após recurso do Ministério Público. Leia a matéria aqui.

Luva de Pedreiro

Após toda a polêmica envolvendo o influenciador digital Luva de Pedreiro, o garoto e Falcão, o Rei do Futsal, anunciaram, nesta terça-feira, que o eterno camisa 12 da Seleção Brasileira será o novo empresário de Iran Ferreira e seus companheiros de vídeo. Em publicação realizada no perfil oficial de Falcão no Instagram, o craque revelou que Luva de Pedreiro, o Goleiro do Luva e o Cruzador do Luva (amigos do jovem baiano que o auxiliam nas gravações de seus vídeos excêntricos) serão agenciados por ele. Na legenda do post, Falcão ainda frisou que o garoto e seus pais serão os responsáveis por tomarem todas as decisões de sua carreira, sem que ele tenha donos ou qualquer outra coisa do tipo. Leia a matéria aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos