Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a sexta (5)

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brazilian presidential candidate for the Democratic Labour Party (PDT) Ciro Gomes campaigns outside the Rocinha favela in Rio de Janeiro Brazil, Brazil on October 5, 2018. - Brazil holds general elections on October 7. (Photo by CARL DE SOUZA / AFP)        (Photo credit should read CARL DE SOUZA/AFP/Getty Images)
Ciro Gomes durante campanha em 2018 (Foto: CARL DE SOUZA/AFP/Getty Images)

Ciro fora? Veja o que muda no cenário para 2022

Ciro Gomes anunciou, em seu Twitter, que sua pré-candidatura a presidente está “em suspenso”. A decisão foi anunciada após o PDT, seu partido, garantir 15 votos fundamentais para a aprovação, em primeiro turno, da PEC dos Precatórios, projeto que abre espaço no orçamento para burlar o teto de gastos, adiar o pagamento das dívidas assumidas pela União e garantir recursos para o pagamento de R$ 400 do Auxílio Brasil, principal carta na manga do presidente em busca da reeleição. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Em depoimento, Bolsonaro nega interferência na PF 

Em seu depoimento à Polícia Federal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) negou as acusações de que teria tentado interferir para mudar a direção da Polícia Federal. Ele é acusado de tentar proteger filhos e aliados de investigações, além de tentar obter informações privilegiadas de apurações que correm em sigilo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Reino Unido autoriza uso de comprimido contra covid-19

O comprimido contra covid-19 da farmacêutica Merck, que no Brasil é conhecida como MSD, recebeu uma autorização condicional nesta quarta-feira (4) da agência regulatória do Reino Unido. O Serviço Nacional de Saúde (NHS) do país ainda irá confirmar como o medicamento será destinado aos pacientes. Não se sabe se o medicamento molnupiravir, que leva o nome comercial de Lagevrio no país, será disponibilizado em farmácias. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Comissão da Câmara aprova auxílio de R$ 1.200 para mães solo

A Comissão dos Direitos da Mulher aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 2099/20, que institui auxílio permanente de R$ 1.200 mensais às mulheres provedoras de famílias monoparentais, o grupo familiar chefiado por mulher sem cônjuge ou companheiro, com pelo menos uma pessoa menor de 18 anos, segundo informações da Agência Câmara, reproduzidas pelo portal iG. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos