Publicações enganam ao atribuir a Lula, e não Bolsonaro, redução no Auxílio Brasil

Nas redes sociais, usuários espalham a informação falsa de que Lula teria supostamente anunciado uma redução no Auxílio Brasil de R$ 600 para R$ 400 (Foto: SOPA Images / LightRocket via Getty Images / Rafael Henrique)
Nas redes sociais, usuários espalham a informação falsa de que Lula teria supostamente anunciado uma redução no Auxílio Brasil de R$ 600 para R$ 400 (Foto: SOPA Images / LightRocket via Getty Images / Rafael Henrique)

Publicações disseminam nas redes sociais que o governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria anunciado uma redução no Auxílio Brasil de R$ 600 para R$ 400 para 2023.

Uma das publicações que circula no TikTok compartilha um corte de uma reportagem do Jornal Nacional sobre a redução; outra utilizou um trecho de uma coletiva de imprensa com a equipe de transição do novo governo; há ainda vídeos que afirmam que Lula supostamente teria anunciado a redução no benefício.

Conforme verificado pelo Yahoo! Notícias, todas essas publicações distorcem conteúdos e espalham informações falsas.

Captura de tela de um vídeo que tira de contexto uma reportagem do Jornal Nacional para dizer que Lula teria reduzido o Auxílio Brasil de R$ 600 para R$ 400 (Foto: TikTok / Reprodução)
Captura de tela de um vídeo que tira de contexto uma reportagem do Jornal Nacional para dizer que Lula teria reduzido o Auxílio Brasil de R$ 600 para R$ 400 (Foto: TikTok / Reprodução)

O PLOA (Projeto de Lei Orçamentária Anual) de 2023 foi enviado pelo Governo Federal ao Congresso no último dia 31 de agosto. Uma busca no Google pelas palavras-chave "​​Jornal Nacional 31 agosto orçamento Auxílio Brasil" direcionou à matéria original do Jornal Nacional, que foi ao ar naquela data e que se refere ao orçamento proposto pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) naquele 31 de agosto. Na verdade, o orçamento enviado por Bolsonaro estipulou o valor do Auxílio Brasil em R$ 400 e não R$ 600.

Uma nova pesquisa por reportagens do Jornal Nacional sobre Lula e o Auxílio Brasil não identificou uma suposta previsão de redução no benefício. No sentido contrário, um dos resultados foi uma matéria sobre uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) para garantir o Auxílio Brasil de R$ 600.

Captura de tela de um vídeo que tira de contexto uma coletiva de imprensa para dizer que Lula reduzirá o Auxílio Brasil de R$ 600 para R$ 400 (Foto: TikTok / Reprodução)
Captura de tela de um vídeo que tira de contexto uma coletiva de imprensa para dizer que Lula reduzirá o Auxílio Brasil de R$ 600 para R$ 400 (Foto: TikTok / Reprodução)

Uma outra versão do boato sobre o corte no benefício utiliza um trecho de uma coletiva de imprensa com membros da equipe de transição do presidente eleito. Ao pesquisar no Google "coletiva imprensa Lula transição" aparece um vídeo da coletiva, publicado no perfil da presidente do PT, Gleisi Hoffmann.

No registro, o senador Marcelo Castro (MDB) – relator geral do orçamento de 2023 – explica que na Lei Orçamentária, cujo projeto foi apresentado pelo governo de Bolsonaro, não há espaço para todas as demandas do governo de Lula. Por isso, a equipe de transição pretende emendar o orçamento para que possa cumprir algumas das promessas de campanha do mandatário eleito, afirmou ele:

"Chegamos a um acordo, um entendimento, que não cabe no orçamento atual as demandas que nós precisamos atender. Então, de comum acordo, decidimos levar aos líderes partidários, ao presidente do Senado, ao presidente da Câmara, a ideia de aprovarmos uma PEC, em caráter emergencial, de transição deste governo para o próximo governo, e excepcionalizando do teto de gastos algumas despesas que são inadiáveis, como por exemplo, o Bolsa Família no valor de R$ 600, que é um compromisso público assumido pelo presidente Lula e seria inconcebível que as pessoas, 21,6 milhões de famílias, a partir de janeiro recebessem apenas R$ 400".

Até 7 de outubro de 2022, havia cerca de 21,1 milhões de famílias e 54,8 milhões de pessoas beneficiadas pelo programa, segundo dados do Ministério da Cidadania.

Captura de tela de um vídeo que mente ao afirmar que Lula teria anunciado uma redução do Auxílio Brasil para R$ 400 (Foto: TikTok / Reprodução)
Captura de tela de um vídeo que mente ao afirmar que Lula teria anunciado uma redução do Auxílio Brasil para R$ 400 (Foto: TikTok / Reprodução)

Há ainda publicações que mencionam, sem fontes, que Lula teria anunciado o Auxílio Brasil no valor de R$ 400. Contudo, buscas no Google por notícias sobre o assunto não identificaram reportagens em veículos de imprensa tradicionais.

Ao pesquisar no Twitter menções de Lula ao benefício de transferência de renda, não há promessas de diminuição do valor, mas de manutenção dos R$ 600. Em um tuíte, ele compartilhou um corte da mesma coletiva publicada por Gleisi Hoffmann. No trecho, o vice-presidente eleito e coordenador da equipe de transição, Geraldo Alckmin (PSB) afirma que "a preocupação é, primeiro, manter o Bolsa Família de R$ 600":

O Yahoo! Notícias já verificou em outras oportunidades informações falsas envolvendo Lula e o Auxílio Brasil, como a de que ele teria prometido acabar com o benefício, se eleito.