Nova delegacia on-line da Polícia Civil vai formalizar ocorrência como nas unidades físicas

·1 min de leitura

RIO — A Polícia Civil lançou uma nova ferramenta formalizar ocorrências de forma on-line da mesma forma que ocorre nas unidades físicas da corporação. Segundo o órgão, todas as ocorrências podem ser registradas remotamente, à exceção daquelas que necessitam de outro tipo de protocolo, como homicídio e roubo de veículo ou carga, por exemplo.

Dentre as ocorrências que agora podem ser registradas on-line está os crimes de violência contra a mulher, necessitando que a vítima só procure uma delegacia física em casos de pedidos de medida protetiva para ser feita a análise do caso.

— Além de ser um serviço mais confortável para a vítima, que poderá fazer o RO em uma média de sete minutos, a nova plataforma também vai padronizar as condutas policiais. Será uma verdadeira delegacia virtual com especificidades e características que atendam a realidade do nosso Estado, do cidadão fluminense – disse o diretor do Departamento-Geral de Tecnologia da Informação e Telecomunicações, delegado Eduardo Clementino.

Anteriormente ao fazer o registro online era preciso que a vítima escrevesse como o fato ocorreu. Na nova versão isso não é mais necessário, pois uma inteligência artificial consegue transcrever a partir de perguntas direcionadas. Desta forma, além de evitar subnotificações, a ideia é que detalhes importantes para as investigações estejam descritos no registro. Há espaço, no entanto, para o cidadão colocar informações adicionais ou anexar documentos e provas.

Para realizar o Registro de Ocorrência (RO) online é preciso que a pessoa tenha um email válido, já que será desta maneira que futuramente a Polícia Civil entrará em contato, como encaminhamentos de exames de corpo de delito. A Polícia Civil também desenvolve um aplicativo para celular que deve ser lançado em breve.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos