Nova dona do Fashion Mall, Gafisa fará centro médico e residencial em São Conrado

·2 min de leitura

RIO — Nova proprietária do Fashion Mall, a construtora Gafisa tem planos ambiciosos para revitalizar o shopping. Conforme anunciou a coluna de Ancelmo Gois, a construtora pretende investir R$ 50 milhões na criação de um centro médico no local. Planeja erguer ainda, em parceria com um grande investidor, um residencial próximo ao centro comercial.

A Associação dos Moradores de São Conrado (Amasco) diz que o projeto ainda é muito embrionário e que não tem informações suficientes para se posicionar. Já a Associação de Moradores e Amigos de São Conrado (Ama São Conrado) afirma que desde o início do ano têm sido promovidas reuniões entre os moradores e o superintendente do shopping e que o projeto já foi apresentado.

— Como moradores temos uma grande preocupação com o estado atual do Fashion Mall, que não está indo muito bem. Por isso, esse investimento é visto com bons olhos. A Gafisa fez questão de escutar os moradores para desenvolver o projeto e está atendendo à legislação do bairro — afirma Raphael Nigri, diretor executivo da Ama São Conrado.

De acordo com ele, a construtora já informou que planeja erguer uma torre residencial e o que o centro médico vai ocupar o terceiro andar do Fashion Mall. No segundo andar, ficarão os restaurantes e uma praça de alimentação, e estabelecimentos de São Paulo já negociam a inauguração de filiais no local.

— O centro médico será algo novo, um diferencial para o bairro. E o estacionamento do subsolo do Fashion Mall também será reformado — conta Nigri.

Procurada, a Gafisa disse que até o dia 18 está no período de silêncio que antecede a divulgação de seus balanços financeiros trimestrais e não poderia falar sobre os planos para São Conrado no momento.

Como aconteceu quando outros projetos foram cogitados para o Fashion Mall, alguns moradores do bairro temem a piora do trânsito. Mas Nigri explica que a iniciativa é bem vista.

— São Conrado tem 12 mil habitantes, e não vai ser um prédio que vai fazer diferença. Pelo bairro, passam cerca de 150 mil veículos por dia, e acreditamos que esse número não vai aumentar, e sim que agora o Fashion Mall vá atrair quem já está por aqui. Em conjunto com a Gafisa, estamos fazendo um trabalho de revisão dos acessos, e eles vão investir em mudanças nos retornos e em outros estudos de melhoria de tráfego —diz.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos