Nova espécie de camarão é chamada de Pink Floyd devido ao som alto que emite

Uma nova espécie de camarão recebeu a honra de ser batizada com o nome da lendária banda Pink Floyd, pois produz um som mais alto do que os ouvidos em shows de rock.

O camarão-pistola, Synalpheus pinkfloydi, tem uma garra cor-de-rosa, diferente, que usa para dar choques em suas presas com energia sonora.

Assim como qualquer banda de rock, digna de respeito, os camarões-pistola têm a habilidade de gerar um som de volume altíssimo.

O Synalpheus pinkfloydi aparece em uma nova versão da capa do álbum ‘The Wall’ (PA)

Ao estalar sua garra em alta velocidade, o camarão cria uma bolha de cavitação de alta pressão que colapsa para produzir um dos sons mais altos do oceano.

A explosão sonora pode atingir 210 decibéis – muito mais alto do que o som de um tiro – e é suficientemente poderosa para atordoar ou até matar peixes pequenos.

Durante uma fração de segundo, a bolha implode e também gera temperaturas impressionantes de 4.400ºC – quase tão altas quanto a observada na superfície do Sol.

Algumas espécies de camarão-pistola usam suas armas sonoras para criar tocas, perfurando rochas sólidas de basalto.

O Dr. Sammy de Grave, zoólogo e fã de Pink Floyd que trabalha no Museu de História Natural da Universidade de Oxford, na Inglaterra, vinha esperando pela chance de honrar as lendas do rock ao dar seu nome a uma nova espécie.

Ele disse: “Eu ouço Floyd desde que ‘The Wall’ foi lançado em 1979, quando eu tinha 14 anos de idade”.

O camarão também estrelou uma nova versão do álbum ‘Animals’, de 1977 (PA)

“Eu já vi seus shows ao vivo diversas vezes deste então, incluindo a apresentação no Hyde Park para o Live8 em 2005”.

“A descrição desta nova espécie de camarão-pistola era a oportunidade perfeita para finalmente homenagear a minha banda favorita”.

A equipe de Oxford colocou o camarão em capas fictícias de dois álbuns de Pink Floyd: ‘The Wall’ e ‘Animals’.

Em ‘Animals’, o crustáceo ocupa o lugar de um dirigível na forma de um porco cor-de-rosa, flutuando sobre a usina termelétrica de Battersea, em Londres.

O camarão-pistola tem a habilidade de gerar um volume altíssimo de som (PA)

A capa de ‘The Wall’ mostra o S. pinkfloydi se impondo sobre o Museu de História Natural no estilo da arte original do álbum.

O Synalpheus pinkfloydi foi descoberto na costa do Pacífico do Panamá, e está intimamente relacionado a uma espécie-irmã ocidental do Atlântico, S. antillensis, identificada em 1909.

Uma descrição do camarão com garras cor-de-rosa foi publicada na revista científica Zootaxa.

No ano passado os biólogos nomearam uma nova espécie de zygoptera em homenagem ao álbum ‘Ummagumma’, também de Pink Floyd, de 1969.

Imagem principal: PA

Andy Wells
Yahoo News UK