Nova identidade começa a ser emitida na próxima semana em cinco estados e no DF

A nova Carteira de Identidade Nacional (CIN) passará a ser emitida a partir da próxima semana em cinco estados do Brasil e no Distrito Federal, com o Rio Grande do Sul liberando os primeiros documentos já a partir da próxima terça-feira. Segundo o governo, o documento adotará o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) como registro único, geral e válido em todo o território nacional.

IBGE: população autodeclarada preta cresce 32,4% no Brasil, em 10 anos

A partir de agosto: ministro da Educação anuncia inscrições para Fies e Prouni

A novo RG virá com um QR Code, o que permitirá a validação eletrônica de sua autenticidade, bem como saber se o documento foi furtado ou extraviado. A nova versão do documento servirá, também, para utilização em viagens por conta da inclusão de um código de padrão internacional, o MRZ, que é utilizado em passaportes, que permite a entrada em países do Mercosul com maior facilidade.

O documento será válido por 10 anos para pessoas que tenham até 60 anos de idade. Para os maiores de 60 anos, o RG antigo seguirá valendo por tempo indeterminado, segundo o governo.

Em meio à crise: jovens dizem que querem casamento de papel passado, casa e carro próprios

De acordo com o Ministério da Economia, a princípio, “somente serão emitidas as novas identidades para cidadãos que estiverem com as informações no CPF de acordo com suas certidões atualizadas”, e “cidadãos que não possuírem ou estiverem com as informações incorretas no CPF poderão recorrer aos canais de atendimento à distância da Receita Federal para resolver sua situação”, e, no futuro, “os próprios órgãos de identificação civil farão novas inscrições e atualizações no CPF”.

Segundo o governo, “a CIN será emitida em duas versões: física e digital, que possuem o mesmo layout e segurança”, com a versão física, em papel ou em policarbonato, “atendendo aos que não possuem acesso à internet, smartphones ou computadores”, enquanto que “o documento em formato digital é obtido por meio do aplicativo GOV.BR, mas somente após a emissão da carteira física”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos