Nova onda de frio tem alerta de vento, geada e temperatura de -6°C

SANTO ANDRE, SP, 29/08/2022, BRASIL - NOVA FRENTE FRIA - 07:07:57 - Uma nova frente fria chega na cidade de Sao Paulo nesta segunda-feira. Geral de pedestres se protegendo do frio e da garoa no Viaduto do Cha, na regiao central. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
SANTO ANDRE, SP, 29/08/2022, BRASIL - NOVA FRENTE FRIA - 07:07:57 - Uma nova frente fria chega na cidade de Sao Paulo nesta segunda-feira. Geral de pedestres se protegendo do frio e da garoa no Viaduto do Cha, na regiao central. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)

CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - Depois de um fim de semana com temperaturas acima dos 30°C em algumas cidades, a região Sul enfrenta uma nova onda de frio, com geadas em alguns locais e termômetros marcando -6°C em Urupema --a sensação térmica no município chegou a -23°C.

No total, 29 cidades do estado marcaram temperaturas negativas, incluindo São Joaquim, Bom Jardim da Serra e Bom Retiro, todas no oeste catarinense. A queda na temperatura foi causada pela chegada de uma massa de ar frio.

Em Urupema, a última madrugada foi a mais fria do ano, com -6,2°C, superando os -6,1°c de 12 de junho.

As informações são do Epagri/Ciram (Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina).

Além do frio, o domingo (28) também ventos acima de 60 km/h no litoral de Santa Catarina, que teve temperaturas de até 8°C e 10°C.

A situação pode se repetir em outras regiões do país durante a semana. A Marinha emitiu também no domingo um alerta de ventos fortes no litoral do Rio de Janeiro à Bahia. São esperados ventos de 74 km/h até a quarta (31) em um trecho de Arraial do Cabo (RJ) até Salvador.

Os efeitos dos ventos fortes já devem ser sentidos na noite desta segunda e se estendem até a manhã de quarta, segundo nota da Marinha. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) também emitiu alertas laranja de risco de ventos costeiros no litoral do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, além de alertas amarelos para São Paulo e Paraná.

PREVISÃO

Os próximos dias devem seguir frios em parte do Brasil. Em Santa Catarina é previsão é de tempo seco e sol, um clima propício para geadas, com temperaturas de -1°C a -4°C. A possibilidade de neve está descartada, segundo a meteorologista Maria Elene de Lima.

"Para a formação de neve é preciso tempo úmido, o que não é o caso, já que temos uma massa de ar fria e seca vinda do Uruguai e da Argentina", diz.

Essa massa também atingiu Rio Grande do Sul e Paraná, além de estados do Sudeste, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Em Porto Alegre, o fim de semana começou com calor, com temperatura de 32°C, a mais alta desde 27 de abril. Já no domingo a frente fria levou chuva, raios, granizo e rajadas de vento, com temperaturas que chegaram a 4°C , com geada em áreas serranas, como a Campanha Gaúcha, aponta o Inmet.

Nesta segunda, a temperatura mínima em Porto Alegre foi de 5°C, com registros negativos também em 11 cidades, entre elas São José dos Ausente, com -4,5°C. O céu aparece com poucas nuvens e sol, descartando a possibilidade de neve também no Rio Grande do Sul.

A frente fria derrubou a temperatura em São Paulo nesta segunda. O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo) indica que a máxima não deve passar de 15ºC. A noite deve cair ainda mais, chegando a 10ºC.

Nos próximos dias, segundo o CGE , uma mudança na direção dos ventos deve aumentar a sensação de frio. Na terça (30), a temperatura mínima prevista é de 9°C, e a máxima, de 15°C, com céu nublado durante todo o dia e chuvas isoladas.

Na quarta (31), as temperaturas sobem e a capital tem máxima de 20°C.

O freio também atingiu o litoral e as regiões do Vale do Paraíba e Vale do Ribeira, no interior do estado, segundo o Climatempo. Nesta segunda, a previsão é de chuva nessas áreas. Já na terça, o frio se mantém, mas sem previsão de chuva.

Assim como na capital paulista, o frio começa a perder força na quarta, com chance de sol forte ao longo do dia e tempo seco.