Nova parte do corpo humano é descoberta por cientistas suíços

·1 min de leitura
Seção coroide destacada na estrutura do crânio (Foto: Annals of Anatomy - Anatomischer Anzeiger)
Seção coroide destacada na estrutura do crânio (Foto: Annals of Anatomy - Anatomischer Anzeiger)

Pesquisadores suíços da Universidade de Basileia descobriram uma nova estrutura do corpo humano que permaneceu durante muitos anos oculta entre os músculos da mandíbula. Eles a batizaram de seção coroide (Musculus masseter pars coronidea).

De acordo com os autores da pesquisa, publicada no periodico Annals of Anatomy - Anatomischer Anzeiger, a nova estrutura é parte do que é conhecido como músculo masseter. Até então o consenso era de que este músculo se dividia em uma parte superficial e outra mais profunda. Para a equipe, a parte mais profunda é dividida em duas.

Para confirmar a terceira camada do masseter, os pesquisadores se basearam em observações detalhadas da musculatura da mandíbula fixada em formaldéido, em exames de tomografia computadorizada e em análises de amostras coletadas de cadáveres doados para estudo científico.

A líder do estudo, a pesquisadora Szilvia Mezey, disse que a seção coroide ajuda na estabilização da mandíbula e pode ser a responsável por puxar a mandíbula para trás, em direção à orelha.

Em 1995, o atlas de anatomia clínica Gray’s já descrevia esta terceira camada do músculo da mandíbula. No entanto, eles se basearam em estudos de outras espécies.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos