Nova pesquisa eleitoral é aguardada após Ipec mostrar cenário estável em corrida ao Planalto

Espectadores assistem aos candidatos Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL) em debate presidencial, em São Paulo, Brasil

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) - A terça-feira começa com expectativa em torno da divulgação da pesquisa CNT/MDA sobre a eleição presidencial de outubro, depois de na véspera levantamento do Ipec, instituto formado por executivos que atuaram no Ibope, mostrar a disputa entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) estável, com a manutenção dos patamares de intenção de voto registrado por ambos há duas semanas.

Na agenda dos dois candidatos mais bem colocados, Lula concede pela manhã entrevista a uma emissora de rádio de Manaus e, mais tarde, reúne-se com governadores em São Paulo para discutir segurança pública.

Bolsonaro, por sua vez, em sua agenda oficial como presidente, participa da posse do ministro Luis Felipe Salomão no cargo de corregedor nacional de Justiça, à tarde, em Brasília. Antes disso, como candidato à reeleição, participa de evento da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs) com presidenciáveis.

Veja abaixo os principais destaque do dia eleitoral.

NOVA PESQUISA

O instituto MDA divulga às 11h pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), o primeiro levantamento do instituto sobre a corrida ao Palácio do Planalto desde maio.

Será ainda a terceira pesquisa de intenção de voto para presidente divulgada nesta semana, que terá uma bateria de levantamentos --três somente na quarta-feira.

Na noite de segunda, pesquisa Ipec mostrou Lula com 44% da preferência do eleitorado e Bolsonaro com 32%, mesmos patamares do levantamento do instituto divulgado duas semanas antes. Também na segunda, pesquisa BTG/FSB colocou Lula com 7 pontos percentuais de vantagem sobre Bolsonaro no primeiro turno.

LULA FALA PARA O NORTE

Líder nas pesquisas, Lula dá entrevista nesta manhã a uma emissora de rádio de Manaus, preparando sua visita nesta semana à capital amazonense e a outras cidades da Região Norte, que pela primeira vez desde o início oficial da campanha deste ano receberá atos eleitorais do petista.

No final da manhã, em um hotel da zona sul de São Paulo, Lula receberá governadores para discutir segurança pública, tema constantemente enfatizado por Bolsonaro, que tem nos militares e nos agentes de segurança uma importante base eleitoral.

EVENTO COM JUDICIÁRIO

O presidente, por sua vez, participará às 14h de evento do Poder Judiciário, a posse do ministro Luis Felipe Salomão no cargo de corregedor nacional de Justiça. Bolsonaro faz ataques constantes ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além de ministros das duas cortes, especialmente Alexandre de Moraes, Edson Fachin e Luís Roberto Barroso.

Mais cedo, também na capital federal, às 11h, Bolsonaro participa de evento da Unecs com presidenciáveis. Antes do candidato à reeleição, o candidato do PDT, Ciro Gomes, falará no evento e, depois de Bolsonaro, será a vez da postulante do União Brasil, Soraya Thronicke.

PRÓXIMAS PESQUISAS ELEITORAIS

CNT/MDA - 30 de agosto, terça-feira

Genial/Quaest - 31 de agosto, quarta-feira

PoderData - 31 de agosto, quarta-feira

XP/Ipespe - 31 de agosto, quarta-feira

Datafolha - 1 de setembro, quinta-feira

Ipespe - 3 de setembro, sábado

ÚLTIMAS PESQUISAS DIVULGADAS

IPEC

Divulgada em 29 de agosto

Margem de erro de 2 pontos percentuais

1º turno:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - 44%

Jair Bolsonaro (PL) - 32%

Ciro Gomes (PDT) - 7%

Simone Tebet (MDB) - 3%

Outros - 1%

Brancos e nulos - 7%

Não sabem - 6%

2º turno:

Lula (PT) - 50%

Bolsonaro (PL) - 37%

BTG/FSB

Divulgada em 29 de agosto

Margem de erro de 2 pontos percentuais

1º turno:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - 43%

Jair Bolsonaro (PL) - 36%

Ciro Gomes (PDT) - 9%

Simone Tebet (MDB) - 4%

Outros - 2%

Branco/nulo/nenhum - 4%

Não sabem/não responderam - 3%

2º turno:

Lula (PT) - 52%

Bolsonaro (PL) - 39%

ATLASINTEL

Divulgada em 25 de agosto

Margem de erro de 1 ponto percentual

1º turno:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - 46,7%

Jair Bolsonaro (PL) - 38,3%

Ciro Gomes (PDT) - 6,4%

Simone Tebet (MDB) - 3,6%

Outros - 3,1%

Branco/nulo/indecisos - 1,9%

2º turno:

Lula (PT) - 51,8%

Bolsonaro (PL) - 40,8%

DATAFOLHA

Divulgada em 18 de agosto

Margem de erro de 2 pontos percentuais

1º turno:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - 47%

Jair Bolsonaro (PL) - 32%

Ciro Gomes (PDT) - 7%

Simone Tebet (MDB) - 2%

Outros - 1%

Brancos, nulos - 6%

Não sabem - 2%

2º turno:

Lula (PT) - 54%

Bolsonaro (PL) - 37%

PODERDATA

Divulgada em 17 de agosto

Margem de erro de 2 pontos percentuais

1º turno:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - 44%

Jair Bolsonaro (PL) - 37%

Ciro Gomes (PDT) - 6%

Simone Tebet (MDB) - 4%

Outros - 1%

Brancos e nulos - 4%

Não sabem - 3%

2º turno:

Lula (PT) - 52%

Bolsonaro (PL) - 38%

GENIAL/QUAEST

Divulgada em 17 de agosto

Margem de erro de 2 pontos percentuais

1º turno:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - 45%

Jair Bolsonaro (PL) - 33%

Ciro Gomes (PDT) - 6%

Simone Tebet (MDB) - 3%

Outros - 0%

Brancos e nulos - 6%

Não sabem - 6%

2º turno:

Lula (PT) - 51%

Bolsonaro (PL) - 38%

(Reportagem adicional de Fernando Cardoso)