Nova pesquisa mostra Lula com maior vantagem e Bolsonaro perdendo até para Doria e Ciro

·2 minuto de leitura
Ex-presidente Lula e atual presidente Jair Bolsonaro aparecem tecnicamente empatados (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images/ EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Lula venceria segundo turno com diferença de 23 pontos percentuais (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images/ EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
  • Lula teve crescimento de 12 pontos percentuais nas intenções de voto e chegou a 43% no primeiro turno, segundo o DataPoder

  • Petista poderia vencer eleição ainda no primeiro turno

  • Bolsonaro seria derrotado no segundo turno por Lula, Doria e Ciro Gomes

O ex-presidente Lula (PT) teve uma alta expressiva na intenção de votos para a eleição presidencial de 2022: 12 pontos percentuais. Agora, o petista alcança o índice de 43%, contra 29% do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). É o que mostra a nova pesquisa DataPoder.

Segundo o DataPoder, Lula venceria Bolsonaro também no segundo turno, por 55% a 32%. O atual presidente seria derrotado também por Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB).

Leia também:

O levantamento foi feito entre os dias 5 e 7 de junho. Foram feitas 2.500 entrevistas em 421 municípios em 27 estados da federação por meio de ligações para celulares e telefones fixos. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Há um mês, o DataPoder mostrava que Bolsonaro (33%) e Lula (31%) estavam empatados dentro da margem de erro. A nova pesquisa retirou opções de candidatos em relação a pesquisas anteriores, como João Amoedo (Novo) e Luciano Huck. Ambos declararam que não participarão da corrida eleitoral para o cargo de presidente da República.

A soma de todos os outros candidatos (Bolsonaro, Ciro Gomes, João Doria e Luiz Henrique Mandetta) é de 44%, um ponto percentual a mais do que a intenção de votos de Lula. Veja os resultados:

  • Lula (PT): 43%

  • Bolsonaro (sem partido): 29%

  • Ciro Gomes (PDT): 6%

  • João Doria (PSDB): 6%

  • Luiz Henrique Mandetta (DEM): 3%

  • Branco/nulo: 9%

  • Não sabem: 4%

Considerando a margem de erro, se a eleição fosse hoje, Lula poderia vencer a eleição no 1º turno, considerando os votos válidos.

Segundo turno

Em um segundo turno, Lula venceria todos os oponentes considerados. Na pesquisa anterior, o petista também derrotaria o atual presidente, mas a distância ficou ainda maior: antes, era de 11 pontos e, agora, de 23 pontos.

  • Lula 55% x 32% Bolsonaro; branco/nulo: 12%; não sabe: 1%

  • Lula 51% x 17% João Doria

  • Lula 48% x 17% Ciro Gomes

O levantamento PoderData também mostrou que Bolsonaro seria derrotado por João Doria e Ciro Gomes. Contra ambos, a diferença seria de 5 pontos, acima da margem de erro.

  • João Doria 44% x 39% Bolsonaro

  • Ciro Gomes 45% x 40% Bolsonaro

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos