Nova quarentena para pacientes com Covid-19 durará de cinco a dez dias

·1 min de leitura

BRASÍLIA — Cai para cinco dias o período de isolamento para pessoas assintomáticas com Covid-19 desde que apresentem teste negativo. Também há a alternativa de cumprir uma semana de quarentena, sem exame ao final. Para quem apresentar sintomas, o prazo anterior se mantém: dez dias. O Ministério da Saúde fez o anúncio nesta segunda-feira em entrevista à imprensa.

A decisão foi tomada após reunião com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde.

As novas diretrizes constarão em nova versão do “Guia de Recomendações – Isolamento Domiciliar”, elaborado pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (Secovid) da pasta. O documento deve estar disponível na terça-feira.

Como mostrou O GLOBO, o ministério avalia o tema desde a semana passada, quando o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos, diminuiu de 10 para cinco dias a duração da quarentena para pessoas completamente vacinadas e assintomáticas. A pasta também analisou dados do NHS (Serviço Nacional de Saúde, em tradução para o português) da Inglaterra.

As novas regras vêm na esteira do aumento do número de casos de Covid-19, puxado pela Ômicron, o que já levou ao cancelamento de voos diante do afastamento de funcionários. Também há impactos no sistema de saúde: um exemplo é que cerca de 5,5 mil profissionais de saúde da cidade do Rio, o equivalente a 20%, foram afastados com influenza e após chegada da nova variante.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos