Nova York diz que orçamento de Trump prejudicará luta contra terrorismo

Nova York, 16 mar (EFE).- Nova York criticou nesta quinta-feira o projeto de orçamento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e alertou que os cortes promovidos por ele prejudicarão diretamente a luta contra o terrorismo na cidade.

O chefe do Departamento de Polícia de Nova York (NYPD), James O'Neill, disse em entrevista coletiva que a proposta de Trump retira praticamente todo o financiamento federal ao órgão, incluídos cerca de US$ 110 milhões que são usados na luta contra o terrorismo.

"Esse financiamento é fundamental, é essencial para mantermos todos seguros", disse O'Neill.

O chefe da NYPD lembrou que a cidade é o alvo número um dos terroristas nos EUA e destacou que o corte tornará a cidade menos segura. Segundo O'Neill, a redução contradiz uma das prioridades de Trump, que é o combate ao terrorismo.

O prefeito de Nova York, o democrata Bill de Blasio, também fez duras críticas à proposta de orçamento de Trump.

"Fará com os nova-iorquinos fiquem menos seguros, dificultará o acesso à moradia, prejudicará nossas escolas e hospitais", disse De Blasio, que acompanhava o chefe da NYPD na entrevista.

De Blasio disse que a proposta de Trump encontrará uma "enorme resistência" em todo o país. EFE