Novak Djokovic treina em Melbourne mas ainda corre risco de ter visto cancelado

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Novak Đoković
    Novak Đoković
    Tenista sérvio

O tenista Novak Djokovic treinou na sede do Aberto da Austrália nesta terça-feira (11), após sua vitória na justiça contra uma ordem de deportação. Mas sua participação depende ainda de uma decisão do governo sobre a possibilidade de cancelamento de seu visto.

O número 1 do mundo e nove vezes vencedor do torneio australiano foi visto se aquecendo em uma academia com seu técnico Goran Ivanisevic, antes de ir para a área dos jogadores e seguir para a quadra central, seis dias antes do início do torneio em Melbourne.

Apesar de ter ficado retido em um centro de detenção de imigrantes por vários dias, Djokovic disse na segunda-feira (10) que está preparado para o Aberto. Com uma vitória, o sérvio pode conquistar seu 21º Grand Slam e bater um novo recorde. "Estou concentrado nisso. Vim aqui para jogar em um dos torneios mais importantes que temos, diante de torcedores maravilhosos", declarou o atleta no Instagram.

Mas a decisão final está nas mãos do secretário australiano do Interior, Alex Hawke, responsável pela área de imigração, que estuda cancelar definitivamente o visto do tenista.

Vitória judicial

O sérvio, que não está vacinado contra a Covid-19, obteve na segunda-feira uma vitória judicial contra sua expulsão da Austrália. O governo havia cancelado seu visto, alegando que o tenista não cumpria os requisitos sanitários impostos no país, devido à pandemia.

O atleta desembarcou em Melbourne na quarta-feira (5) da semana passada com uma isenção médica da obrigação da vacina, concedida pelos organizadores do torneio. Para isso, alegou ter tido Covid em 16 de dezembro. "Não estou vacinado", disse Djokovic ao oficial de imigração que o interrogou, de acordo com uma transcrição divulgada pelo tribunal.


Leia mais

Leia também:
Detenção de Djokovic na Austrália gera protestos em Melbourne e em Belgrado
Djokovic está isento da vacina porque teve Covid em dezembro, dizem advogados
Djokovic obtém vitória na justiça, mas ainda corre risco de ser expulso da Austrália

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos