Novas chuvas dificultam resgates em inundações no sul dos EUA

Socorristas realizavam um resgate porta a porta no Kentucky, sob condições climáticas cada vez piores, enquanto continuavam as buscas por vítimas das inundações que devastaram o leste do estado americano, informou o governador Andy Beshear neste domingo (31).

Algumas áreas da região montanhosa permaneciam inacessíveis, depois que as inundações transformaram estradas em rios, destruíram pontes, varreram casas e mataram 28 pessoas, segundo os dados oficiais mais recentes. A instabilidade no sistema de telefonia celular dificulta os esforços.

"Esta é uma das inundações mais devastadoras e mortais que já vimos em nossa história (...) E no momento em que estamos tentando cavar, está chovendo", disse Beshear ao programa "Meet the Press", da NBC.

"Vamos trabalhar para ir de porta em porta. Trabalhar para encontrar, novamente, o máximo de pessoas que pudermos. Vamos até trabalhar na chuva. Mas o clima está dificultando", disse Beshear.

O governador percorreu hoje áreas inundadas em três condados. Mais de 350 pessoas estão em abrigos temporários devido aos danos causados pelas chuvas em todo o estado, disse ele.

Socorristas locais e federais distribuíram água para pessoas necessitadas na cidade de Jackson, onde a subida das águas deixou uma espessa camada de lama, enquanto nuvens ameaçadoras anunciavam mais chuva.

- Ameaças de novas inundações -

As inundações repentinas causadas pelas chuvas torrenciais que começaram na quarta-feira atingiram uma região do estado que já sofria de extrema pobreza. A crise é impulsionada pelo declínio da indústria do carvão, que era o coração de sua economia. "Destruiu áreas onde as pessoas já não tinham muito", disse Beshear.

Algumas áreas do estado registraram mais de 200 milímetros de chuva em um período de 24 horas. O nível da água na bifurcação norte do rio Kentucky, na cidade de Whitesburg, bateu seu recorde em poucas horas, chegando a 7 metros.

O Centro de Previsão do Tempo do Serviço Nacional de Meteorologia alertou hoje para a possibilidade de inundações em uma faixa dos Estados Unidos, incluindo o centro e o leste de Kentucky.

“A ameaça de inundações repentinas aumentará ao longo do dia à medida que chuvas fortes e trovoadas se desenvolvem e se expandem”, anunciou em sua conta no Twitter.

O presidente Joe Biden emitiu uma declaração de desastre pelas inundações, permitindo que a ajuda federal complementasse as operações estaduais e locais de resgate e recuperação.

As inundações no Kentucky são a mais recente de uma série de fenômenos meteorológicos extremos que cientistas associam às mudanças climáticas.

bur-wd/bbk/llu/ll/ap/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos