Nove jovens acusados por agressão violenta a adolescente em Paris

·1 minuto de leitura
Cartaz chama testemunhas da agressão de um adolescente, no bairro de Beaugrenelle, em Paris, em 28 de janeiro de 2021

A justiça francesa acusou nove jovens pela violenta agressão, em meados de janeiro em Paris, a um adolescente de 15 anos, que permanece hospitalizado em estado grave.

O juiz de instrução acusou cinco dos nove jovens de "tentativa de homicídio" na noite de sábado, um sexto como "cúmplice" no crime e os demais receberam outras acusações, disse uma fonte judicial à AFP.

Segundo o promotor de Paris, Rémy Heitz, os nove acusados "são suspeitos de terem formado um grupo para preparar uma ação coletiva violenta contra outro grupo em reação a uma briga anterior" e "de terem exercido violência contra Yuriy naquele contexto e de lhe roubarem o celular".

Quatro dos menores e um adulto encontram-se em prisão preventiva, enquanto os outros quatro interrogados ficarão sob vigilância judicial, acrescentou a fonte.

A agressão a Yuriy ocorreu em 15 de janeiro em um shopping center em um bairro nobre da capital.

Câmeras de vigilância registraram a cena de violência, que viralizou nas redes sociais. Várias personalidades, como o jogador de futebol Antoine Griezmann e o ator Omar Sy, denunciaram o ataque.

O espancamento destacou o fenômeno das gangues na capital francesa, cuja rivalidade às vezes evolui para confrontos acirrados.

Seis jovens morreram desta forma em 2017 e 2018, de acordo com autoridades.

gd/pga/ial/jhd/tjc/mis/jc