Novembro Azul: Coletivo alerta para riscos do câncer de próstata na Praia de Icaraí, em Niterói

O Globo
·1 minuto de leitura
Divulgação / .
Divulgação / .

NITERÓI — Quem passa pela Praia de Icaraí, em Niterói e depara com um laço azul com três metros de comprimento em meio à paisagem da orla. É que o Coletivo Outubro Rosa Niterói, que orienta as mulheres com relação à prevenção do câncer de mama durante todo o ano, ampliou as ações de conscientização aos homens e instalou um totem em alusão à campanha no cartão-postal da cidade.

Aos domingos, a população recebe orientações sobre prevenção contra o câncer de próstata, neste mês de conscientização à doença. O idealizador da campanha, o fisioterapeuta oncológico, Paulo Gonçalves, explica o motivo de ampliar as ações de conscientização aos homens.

— Os homens, diferentemente das mulheres, não procuram orientações e muitos se recusam a realizar o exame de toque, que é extremamente necessário. Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas; a única forma de garantir a cura é através do diagnóstico precoce. Decidimos vir até eles, abordá-los e falar da importância da realização do exame. O câncer de próstata fica ainda mais grave em homens a partir dos 65 anos e com histórico familiar da doença, além do sedentarismo e de alimentação inadequada. De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), somente em 2018 foram descobertos 68 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil, sendo 15 mil mortes ao ano ocasionadas pela doença.

A ação conta com o apoio da escola de samba niteroiense Unidos do Viradouro.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)