Novo AGU visita presidente do STF e ganha livro da Constituição de presente

Dois dias após tomar posse como ministro-chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), Jorge Messias foi recebido nesta quarta-feira pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber. Cabe ao advogado-geral da União atuar em causas de interesse do governo federal junto à Corte.

A visita institucional de Messias ocorreu ao lado da nova chefe da área responsável por atuar nos processos que envolvem a União no STF, Isadora Cartaxo. Segundo nota divulgada pelo tribunal, a reunião durou cerca de uma hora. No encontro, falaram sobre a "necessidade da cooperação entre as instituições, a atuação concertada com o Centro de Soluções Alternativas de Litígios (Cesal) do STF, a ampliação da conciliação e a colaboração em temas complexos e estruturais".

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa do STF, Messias presenteou a presidente do STF com um livro de poesia de Adélia Prado e recebeu de presente da ministra Rosa uma edição especial da Constituição.

Nesta segunda-feira, em uma das mais concorridas cerimônias de posse realizadas no Planalto, Messias tomou posse como novo advogado-geral da União na presença de convidados como a ex-presidente Dilma Rousseff de quem o novo AGU foi chefe da Secretaria de Assuntos Jurídicos (SAJ) e em 2016 protagonizou o episódio do "Bessias".

Servidor de carreira, ele foi ao longo dos últimos dois meses um dos principais pontos de contato da equipe jurídica de Lula com o Supremo — que nos últimos quatro anos viveu uma relação marcada por crises com a administração de Jair Bolsonaro, muitas delas intermediadas pela AGU. No gabinete de transição, Messias participou do grupo técnico de transparência, integridade e controle.