Novo app de mensagens ultrapassa Whatsapp em downloads, após nova política de privacidade

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Shutterstock

Depois que o Whatsapp atualizou sua política de privacidade, permitindo compartilhamento de dados com o Facebook, muitos usuários se sentiram invadidos e decidiram abandonar a rede. Nesse cenário, o aplicativo Signal ganhou destaque, alcançando a primeira posição em downloads da categoria comunicação entre os brasileiros que usam aparelhos Android e a segunda para quem tem iOS.

A corrida por segurança e privacidade ainda levou outro concorrente a levar vantagem sobre o Whatsapp: o Telegram aparece em segundo lugar na preferência dos usuários.

Em outros países como Índia, Alemanha, França, Áustria, Finlândia, Hong Kong e Suíça, o Signal já ocupa o primeiro lugar no ranking de aplicativos mais baixados. O que muitos internautas não sabem é que o app foi criado pelo mesmo criador do Whatsapp, Brian Acton.

Após vender o Whatsapp para Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, em 2014, Brian se uniu ao pesquisador de segurança Moxie Marlinspike em 2017 e fundou a Signal Technology Foundation. A ideia era desenvolver produtos que permitissem a comunicação segura em escala global. Agora, com a insatisfação crescente em relação à privacidade de dados adotada pelo rival, pode ser um momento oportuno para o Signal decolar no Brasil.