Novo camisa 10: Santos anuncia contratação de Ricardo Goulart, ex-Cruzeiro e Palmeiras

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Ricardo Goulart
    Ao VivoHojeAmanhãx--|

O Santos anunciou, nesta terça-feira, a sua principal contratação para a temporada 2022: o meia Ricardo Goulart. O anúncio foi feito nas redes sociais do clube, recheado de bom humor e referências à China, país ao qual o atleta é naturalizado. Ele será o novo camisa 10 do clube paulista.

“Desde as primeiras conversas, fiquei muito feliz com o interesse desse Clube gigantesco. Conheço a história e estou muito feliz de vestir a camisa do Santos, principalmente sendo a 10, conhecida no mundo todo. Vou fazer de tudo para representar bem o número do Rei “, afirmou o reforço.

O jogador foi ao CT Rei Pelé nesta terça-feira para realizar exames médico e assinar contrato. Aos 30 anos, Goulart assina por duas temporadas e terá o maior salário do elenco.

As negociações entre Goulart e Santos duraram pouco mais de uma semana e o passo final para o aceite do jogador foi dado nesta semana. A contratação teve aval do executivo de futebol, Edu Dracena, que trabalhou com o jogador no Palmeiras e reforçou internamente a necessidade de contratação do atleta.

“Quero agradecer o apoio do torcedor santista, já consegui acompanhar a energia da torcida nesses primeiros dias. Não vai faltar determinação e raça. Espero alcançar todos os objetivos do Clube, estou muito motivado e ansioso para ver a Vila Belmiro lotada e nos incentivando dentro de campo”, disse o meia-atacante.

Nascido em São José dos Campos, no interior de São Paulo, Goulart começou a carreira no Santo André, em 2009, e chegou a ter passagem pelo Internacional antes de chegar ao Goiás, em 2012. E foi no esmeraldino onde o atleta começou a ser destaque no futebol brasileiro, conquistando a Série B e sendo artilheiro da equipe na temporada. No ano seguinte, foi contratado pelo Cruzeiro chegou ao ápice no cenário nacional, sendo bicampeão brasileiro (2013 e 2014), novamente artilheiro e até mesmo convocado para a Seleção Brasileira.

Em 2015, acertou sua transferência para o Guangzhou Evergrande, da China, e tornou-se um dos principais jogadores do país, conquistando três edições do Campeonato Chinês (2015, 2016 e 2017) e uma Liga dos Campeões Ásia (2015). Após rápida passagem pelo Palmeiras, em 2019, Goulart retornou para o futebol chinês, onde permaneceu até a última temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos