Novo chefe da PF confirma delegado do mensalão do PT e mais dois integrantes da equipe

CAMILA MATTOSO
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O novo diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, definiu três nomes que vão integrar sua equipe. O delegado Luiz Flávio Zampronha vai comandar a Dicor (Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado), setor mais sensível da corporação responsável por coordenar as delegacias que cuidam de casos de corrupção, lavagem de dinheiro e narcotráfico. Os outros nomes confirmados são os de Oswaldo Gomide, na DGP (Diretoria de Gestão de Pessoal), e Marcelo Andrade como chefe de gabinete de Maiurino. Andrade atuou por muito tempo na CGPRE ( Coordenação-Geral de Polícia de Repressão a Drogas). Gomide, por sua vez, assim como Maiurino, tem histórico de atuação fora da corporação, em cargos em órgãos do poder Judiciário como o Conselho Nacional de Justiça.