Panamá retira embaixador da Venezuela e pede que Maduro faça o mesmo

Cidade do Panamá, 5 abr (EFE).- O Panamá decidiu nesta quinta-feira retirar o embaixador do país, Miguel Mejía, da Venezuela e pediu ao governo de Nicolás Maduro que faça o mesmo com o representante diplomático venezuelano na Cidade do Panamá.

A medida foi uma resposta do Panamá à decisão da Venezuela de suspender relações econômicas com funcionários do alto escalão do governo panamenho e empresas do país.

"As autoridades panamenhas avaliam o impacto de tais medidas no âmbito econômico e comercial, para identificar outras possíveis futuras ações", afirmou o Ministério de Relações Exteriores do Panamá em comunicado. EFE