“Novo Lázaro”: caseiro que matou esposa grávida e enteada teria trocado tiros com fazendeiro

·1 min de leitura
Wanderson matou a esposa grávida e a enteada - Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Wanderson matou a esposa grávida e a enteada - Foto: Reprodução/TV Anhanguera
  • Polícia Militar investiga se Wanderson Protácio participou de tiroteio nesta madrugada de quarta-feira

  • O rapaz segue foragido após ter matado a esposa grávida, a enteada e um fazendeiro

  • Pelas semelhanças nos crimes e na fuga, ele está sendo chamado de "Novo Lázaro"

A Polícia Militar de Goiás investiga se uma ocorrência de tiros desta madrugada de quarta-feira (1º) foi protagonizada pelo caseiro Wanderson Mota Protácio, que está sendo chamado de “Novo Lázaro”.

Um fazendeiro envolveu-se em tiroteio com um homem não identificado em Corumbá, a sete quilômetros de Abadiânia, uma das localidades onde a polícia acredita que Wanderson possa estar escondido.

O fazendeiro afirmou que dois tiros foram dados em sua propriedade, sendo que um acertou uma caminhonete, e que revidou. O homem não sabia se havia acertado o suspeito.

Agora, a polícia tenta identificar se o outro atirador era Wanderson. O rapaz está foragido desde o último domingo (28), quando matou a própria esposa, grávida de quatro meses, e a enteada, de 2 anos e 8 meses, a facadas.

Ele ainda assassinou a tiros um fazendeiro vizinho e roubou seu veículo antes de fugir. O caseiro também tentou estuprar a esposa do homem, mas não conseguiu e a atingiu com um disparo no ombro.

"Novo Lázaro"

Wanderson está sendo chamado de “Novo Lázaro” pelas semelhanças na crueldade dos crimes e na estratégia de fuga pelo Centro-Oeste do Brasil.

Um colega, inclusive, contou que o caseiro já havia revelado ser fascinado por Lázaro Barbosa, assassino em série que assolou a região em junho.

Wanderson segue desaparecido e as buscas da polícia entraram no terceiro dia nesta quarta. Os agentes apertaram o cerco nas cidades de Abadiânia e Alexânia, para onde ele teria ido após abandonar o carro roubado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos