Novo presidente do Cruzeiro garante profissionalismo em gestão e auxílio para punir culpados por crise

Fabio Utz

O Cruzeiro não caiu para a Série B do Campeonato Brasileiro por acaso. Para chegar ao pior momento de sua história, o clube seguiu à risca uma cartilha que acompanha as grandes equipes que acabam rebaixadas. E a gestão temerária é um dos principais pontos. Pois Sérgio Santos Rodrigues, presidente que assume nesta segunda-feira para um mandato tampão até o final do ano, promete uma conduta altamente profissional e o auxílio permanente para punir quem colocou a Raposa nesta crise sem precedentes.


"Vamos fazer de tudo para contribuir na apuração do que aconteceu no Cruzeiro. Temos a investigação da Kroll, que foi entregue à polícia e ao Ministério Público. Eu já fiz contatos com a polícia e com o MP, colocando o clube à disposição para o que for preciso. Esperamos que exista um indiciamento dos envolvidos no âmbito criminal, e na medida que isso ocorra, também iremos tomar as medidas cíveis possíveis, como bloqueio de bens, para que o clube seja ressarcido. Além disso, administrativamente iremos buscar a expulsão de quem lesou o Cruzeiro", disse o dirigente, ao blog Lei em Campo.


O Cruzeiro está completamente endividado. Somente em 2019 acumulou um déficit de R$ 394 milhões. Recentemente, foi punido pela Fifa com a perda de seis pontos para o início da segunda divisão por não pagar o empréstimo do volante Denilson. Depois, por pouco não a situação não se repetiu no caso Willian Bigode. Conforme Rodrigues, este tipo de situação não mais irá ocorrer, já que a ideia é recuperar a credibilidade da instituição. "A gente bate muito na tecla da importância da integridade, governança e compliance. Durante a campanha pegamos três professores da área para nos ajudar na elaboração de um estatuto que proteja o Cruzeiro. Isso ajuda a criar ciclo virtuoso, já que governança e compliance geram credibilidade, e isso gera patrocínio e atrai investidores", completou.


Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.


Para mais notícias do Cruzeiro, clique aqui.