Novo secretário de Saúde autoriza abertura de processo para licitar seringas e testes de Covid-19

·1 minuto de leitura
Foto: Luiza Moraes / Agência O Globo

As ações anunciadas pelo novo governo municipal do Rio no combate à Covid-19 começam a ganhar corpo. Atos do novo secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, publicado na edição extraordinária do Diário Oficial do Município, que circulou neste sábado, autorizam a abertura de processo administrativo para realização de licitação para a contratação de empresa especializada para o fornecimento de seringas agulhadas e fornecimento de testes de detecção de antígeno de SARS-CoV-2 (Ag-RDT).

O enfrentamento à Covid-19 foi anunciado como uma das prioridades do prefeito Eduardo Paes, que assumiu nesta sexta-feira sua terceira gestão à frente da Prefeitura do Rio, e faz parte do plano de ação dos seus cem primeiros dias de governo. Entre as medidas a serem adotadas está a preparação da rede de Clínicas da Família do município para viabilizar a campanha imunização da população contra o novo coronavírus.

A Prefeitura pretende cuidar ainda de uma consequência mais silenciosa da pandemia, que é o crescente número de casos de depressão e ansiedade. A intenção é enfrentar o problema com ações voltadas para o programa de apoio à saúde mental, por meio de atividades coletivas e da recuperação das Academias Cariocas, que promovem atividades físicas pela cidade.

O novo governo promete ainda garantir o pleno abastecimento de medicamentos e outros materiais nas unidades de saúde e, ainda no primeiro trimentre deste ano recompor parte das equipes de saúde da família e bucal, que foram alvos de cortes na gestão anterior.