Novo técnico do Flamengo, Paulo Sousa é chamado de 'desertor' pela imprensa polonesa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Robert Lewandowski não foi o único jogador que viu com um mau olhar a saída do português Paulo Sousa da seleção polonesa. A imprensa do país europeu elucidou de forma bem clara a decepção pela troca. Na capa e com letras em caixa alta, o "Przeglad Sportowy", um dos principais jornais esportivos da Polônia, chamou Souza de “desertor”.

Abaixo, veja a imagem.

"Paulo Sousa quer deixar imediatamente a seleção polonesa em favor do Flamengo brasileiro. Ontem ele pediu ao presidente da PZPN [Federação Polonesa de Futebol], Cezary Kulesza, que rescindisse o contrato", dizia o jornal, na edição desta segunda-feira, 27.

Se estima que a multa rescisória pela saída precoce esteja avaliada em 300 mil euros, cerca de R$ 1,9 milhão. A expectativa é que Sousa já chegue ao Flamengo no próximo dia 10, quando o elenco se reapresenta.

Outro agravante é o timing, pois daqui a três meses, a seleção polonesa disputa a decisiva para cravar uma vaga na Copa do Mundo de 2022. Está marcado para 24 de março o jogo contra a seleção russa para a repescagem europeia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos