Novos protestos em funerais no Irão

Novos protestos em funerais no Irão

Os funerais de jovens iranianos, mortos segundo os familiares pelas forças de segurança durante a repressão da contestação ao regime, foram palco de novos protestos.

Esta sexta-feira, dezenas de pessoas reuniram-se em Izeh, no sudoeste do Irão, para acompanhar o funeral de Kian Pirfalak, um menino de 9 anos que perdeu a vida juntamente com outras seis pessoas, na passada quarta-feira.

Desde o meio de setembro, o país é palco de um movimento de contestação iniciado com a morte em cativeiro da jovem Mahsa Amini, depois de ser detida por alegadamente usar indevidamente o véu islâmico.

As autoridades denunciam "motins" e já efetuaram mais de 15.000 detenções, segundo a ONG Iran Human Rights, que contabiliza cerca de 350 manifestantes mortos em dois meses de repressão contra os protestos.