Novos surtos de Covid-19 na Europa

A Covid-19 está em ascensão uma vez mais. Nas últimas semanas, vários países europeus têm vindo a reportar surtos do vírus, devido ao aparecimento de novas variantes. Em Portugal, a situação volta a ser alarmante, devido ao aumento constante de infeções desde maio.

Em junho, atingiu-se um pico de mais de 2 mil casos, por milhão de pessoas, mas os internamentos em estado grave diminuiram. Segundo dados divulgados esta quarta-feira, Portugal já ultrapassou os 5 milhões de infeções, desde o início da pandemia.

A par de Portugal, França, Alemanha e Itália são os países mais afetados da Europa, fator que fez subir a média de casos em toda a União Europeia no mês de junho.

A comunidade científica aponta duas razões para o crescimento substancial do número de infeções: por um lado, a diminuição da eficácia das vacinas em todo o continente. Por outro, o aparecimento das subvariantes Ómicron, B4 e B5, mais resistentes às vacinas e mais contagiosas do que estirpes anteriores.

As autoridades mostram-se preocupadas com os novos casos, numa altura em que vários países se preparam os festivais de verão, mas pode existir uma solução à vista. Esta quarta-feira a Moderna anunciou ter criado uma vacina eficaz contra as subvariantes da Ómicron.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos