Novos vídeos da Câmara mostram golpistas estourando rojão dentro do Congresso e derrubando policiais legislativos

Novos registros feitos pela Câmara dos Deputados mostram que um dos golpistas que atacaram o Congresso no dia 8 de janeiro usou um rojão contra policiais legislativos. A Casa já havia divulgado mais cedo outros vídeos do episódio. Em um deles, é mostrado o momento em que o bloqueio policial em frente ao Congresso é rompido e os bolsonaristas conseguem invadir a sede do Poder Legislativo.

Ataques ao Congresso: Vídeos de câmeras de segurança mostram como golpistas invadiram o Congresso; veja imagens

Incêndio: Vídeo de segurança da Câmara mostra tentativa de golpistas de atear fogo em prédio; assista

O ataque com rojão foi feito no Salão Verde da Casa. No vídeo divulgado é possível observar que o terrorista acendeu o artefato e o arremessou na direção do agente de segurança. O autor do ataque está coberto com uma bandeira do Brasil e usa um boné amarelo. Depois do disparo, uma multidão é dispersa, e o policial se afasta para evitar ser ferido.

Em outro momento, quando os bolsonaristas conseguiram romper o bloqueio, o vídeo mostra dois policiais tentando conter dezenas de golpistas. Os agentes são agredidos e derrubados pelos golpistas, que conseguem entrar nas dependências do Congresso.

Os terroristas também foram filmados usando um extintor de incêndio para quebrar a porta da sala da liderança do PT, tentando atear fogo no sistema de informática da Casa e usando tentando quebrar as câmeras de segurança.

O presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), foi até a o procurador-geral da República, Augusto Aras, na segunda-feira, 16, para apresentar notícias-crimes sobre os atos terroristas. Os atos tinham como objetivo pedir um golpe contra o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).