Nozes ajudam a combater o câncer

Estudo revela que as nozes ajudam a reduzir o risco de câncer de próstata. (Foto: EFE)Especialistas asseguram que a nutrição tem um papel decisivo na prevenção ao câncer, embora ainda não se conheça com exatidão que alimentos influem sobre cada tipo de tumor. Um recente estudo realizado por cientistas norte-americanos revela que as nozes poderiam ajudar a reduzir o risco de câncer de próstata.

Leia também:
Até 25 mil casos de câncer têm ligação com o trabalho
Usuários do Facebook podem se declarar doadores de órgãos na rede social


Uma pesquisa realizada com ratos mostrou que a incidência de tumores de tamanho reduzido e com crescimento mais lento foram menores nos animais que se alimentaram com maior quantidade de nozes.

Concretamente, os tumores de próstata presentes nos roedores alimentados com o equivalente a oitenta e cinco gramas de nozes por dia eram 50% menores e cresciam 30% mais devagar do que os tumores dos ratos do grupo de controle.

A pesquisa, liderada pelo médico Paul Davis, da Universidade da Califórnia,  e que também contou com a participação do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, mostrou que os ratos que consumiram nozes também tiveram outros benefícios.

Os cientistas observaram que nestes animais a presença do fator de crescimento análogo à insulina-1 (IGF-1), um biomarcador associado com o câncer de próstata, diminuiu. Além disso, eles apresentaram níveis inferiores de colesterol LDL, conhecido como colesterol ruim.

Davis é otimista sobre os benefícios das nozes “tanto para evitar o câncer como para desacelerar seu crescimento”. Por isso, recomenda “incluir o fruto seco numa dieta equilibrada junto com muitas frutas e verduras”. Segundo Davis, os resultados da pesquisa são uma consequência dos múltiplos componentes benéficos das nozes.

No entanto, estes dados deverão ser corroborados por estudos posteriores, assinala Jesús García Mata, chefe do Serviço de Oncologia Médica do Hospital Santa María Nai de Ourense e porta-voz da Sociedade Espanhola de Oncologia Médica.

O especialista destaca que a dieta influi de maneira determinante no surgimento do câncer. No entanto, ele afirma que ainda não há dados concretos para saber de que maneira a alimentação pode prevenir a aparição de um tumor ou aumentar a sobrevivida dos pacientes com a doença.

“Cada vez vão surgindo mais dados e chegará o dia no qual seremos capazes de descobrir que alimentos podem influir concretamente em cada tipo de câncer”, aponta. “Por enquanto, já se demonstrou que uma alimentação com baixos índices de gorduras atua de forma direta na sobrevida das pacientes com câncer de mama. O mesmo ocorre com pacientes com câncer colorretal”.

Já a obesidade favorece a predisposição a quase todos os tipos de câncer. Este fator multiplica o risco de surgimento de câncer de endométrio,  de fígado e de pâncreas, detalha o especialista.

“Estamos comprovando isto de maneira cada vez mais eficaz nos estudos epidemiológicos. Agora estamos na fase de descobrir por que uma pessoa obesa tem mais risco de sofrer de câncer”, afirmou.  Deste modo, uma dieta saudável e equilibrada será sempre uma aliada na luta contra o câncer.

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias