Nubank provoca bancos rivais com urso de pelúcia 'Ted', que esgota em duas horas

Urso Ted, do Nubank. Foto: Divulgação

Em mais uma ação de marketing voltada a ironizar instituições bancárias tradicionais, o Nubank começou a vender nesta terça-feira (3) um urso de pelúcia chamado “Ted”.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

O nome é uma referência às Transferências Eletrônicas Disponíveis (TEDs), uma taxa cobrada por grandes bancos para transferir dinheiro entre contas.

Leia também

O preço do “ursinho Ted” também é uma provocação: R$ 19,05 - um dos valores mais caros cobrados entre os bancos tradicionais para realizar TEDs no Brasil.

O Nubank diz que o primeiro lote do urso de pelúcia esgotou em apenas duas horas. O item foi vendido na sede da fintech em São Paulo com tiragem limitada.

Um novo lote deve ser disponibilizado na próxima semana. Mais detalhes sobre a ação serão divulgados pelas redes sociais do Nubank.

O objetivo da ação, além de provocar concorrentes, foi o de promover a NuConta, conta digital do Nubank que já tem mais de 12 milhões de usuários e faz transferências por TED sem cobrar um centavo.

Segundo a fintech, os clientes da NuConta deixaram de pagar R$ 2,3 bilhões em taxas de transferência entre bancos só em 2019.