Nunes Marques é o relator de pedido para STF obrigar Senado a analisar impeachment de Alexandre de Moraes

André de Souza
·1 minuto de leitura

O ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi sorteado relator do pedido feito pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) para obrigar o Senado a analisar um pedido de impeachment feito contra o também ministro do STF Alexandre de Moraes. A petição foi protocolada na sexta-feira, mas entrou no sistema da Corte e ganhou um relator apenas nesta segunda-feira.

No domingo, Kajuru revelou a gravação de um telefonema com o presidente Jair Bolsonaro. Na chamada, Bolsonaro disse ao senador que é preciso pressionar o STF para que determine ao Senado Federal que analise pedidos de impeachment de ministros da Corte. O senador citou então a petição que já tinha apresentado no STF para obrigar o Senado a analisar o caso de Moraes. Na ligação, os dois também conversaram sobre a instalação da CPI da Pandemia, determinada pelo ministro do STF Luís Roberto Barroso, que desagradou Bolsonaro.

— Coisa importante aqui. Vamos lá. Você tem que fazer do limão uma limonada. Por enquanto é um limão que está aí, dá para ser uma limonada. Tem que, acho que você já fez alguma coisa, tem que peticionar o Supremo para botar em pauta o impeachment dos ministros — disse Bolsonaro na gravação.

— E o que eu fiz. O senhor não viu o que eu fiz não? — questionou Kajuru.

— Para que você fez. Você fez para investigar quem? — afirmou o presidente.

— O Alexandre de Moraes, ué. Eu tenho que começar pelo Alexandre de Moraes porque o do Alexandre de Moraes meu já está lá engavetado pelo Pacheco. Só falta ele liberou — esclareceu o senador.

— Você pressionou o Supremo, né? — perguntou Bolsonaro.

— Sim, claro, eu entrei contra o Supremo, entrei ontem às 17h40 — respondeu Kajuru.

— Parabéns para você — elogiou Bolsonaro.