'O capítulo mais importante vem agora, a vacinação em massa', diz Guedes sobre combate à pandemia

Marcello Corrêa e Manoel Ventura
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira que a vacinação em massa da população contra a Covid-19 é o próximo capítulo das medidas de combate à pandemia. Guedes defendeu a liberação de R$ 20 bilhões para distribuição do imunizante, mas, alinhado com o presidente Jair Bolsonaro, defendeu que sua aplicação seja opcional.

— O capítulo mais importante vem agora, que é a vacinação em massa. São mais R$ 20 bilhões para a vacinação em massa dos brasileiros — disse o ministro, durante coletiva de imprensa na qual fez um balanço do ano.

Guedes acrescentou que a vacinação é importante para garantir o retorno ao trabalho, importante para sustentar a retomada econômica.

— O retorno seguro ao trabalho exige a vacinação em massa da população brasileira. É uma vacinação voluntária e o que o governo tem que fazer é disponibilizar todas as vacinas para a população de forma voluntária e gratuita. Qualquer brasileiro pode escolher a vacina que ele quer tomar, não paga pela vacina e escolhe a vacina se quiser tomar. Essa vacinação gratuita de forma voluntária para os brasileiros é o que nós precisamos para que a asa da saúde bata ao mesmo tempo da asa da recuperação econômica — disse Guedes.