O dia em que Lewis Hamilton mudou a vida de jornalista na Globo

Lewis Hamilton e Bruno Laurence. Foto: Reprodução/Globo
Lewis Hamilton e Bruno Laurence. Foto: Reprodução/Globo

Resumo da notícia:

  • Lewis Hamilton influenciou na trajetória de jornalista na Globo

  • Bruno Laurence relembrou de ocorrido especial recentemente

  • Piloto deu entrevista ao vivo para repórter no "Jornal Nacional"

O impacto da grandeza de Lewis Hamilton na vida das pessoas vai além do que ele possa imaginar. Recém-condecorado cidadão honorário brasileiro, o piloto de Fórmula 1 sete vezes campeão mundial fez a diferença na carreira do repórter Bruno Laurence, quando ainda trabalhava na TV Globo, em 2007.

Em recente entrevista ao podcast "Mais que 8 Minutos", de Rafinha Bastos, o jornalista esportivo relembrou do dia em que entrevistou o britânico numa passagem ao vivo para o "Jornal Nacional". "Não era um cara ainda de fazer grandes coisas na TV e me foi dada essa oportunidade. Até achei que estava errado quando vi a pauta. Hamilton ao vivo no 'JN'. Aí pensei 'Botaram errado'", iniciou Laurence.

A entrevista

No entanto, a pauta era real e Bruno garantiu que sabia falar inglês para conseguir conversar com o piloto internacional. "Passei a noite criando perguntas com a melhor gramática possível, ensaiando na frente do espelho", contou.

O detalhe é que o rapaz chegou a passar mal de nervoso, mas não deixou isso transparecer ao vivo. "Na hora, eu passei mal. Botei a vida para fora no banheiro. Voltei e eu tinha pergunta para uma hora, mas tinha só dois minutos no ar. Estava pronto para qualquer situação", relatou.

"Entrei ao vivo, fiz as duas perguntas para ele, traduzi as perguntas, devolvi para o Bonner. Agradeci ao Hamilton. Ele olhou para mim...O cara olha no seu olho, te agradece e ele seguiu com o compromisso dele. Eu fui de novo ao banheiro e, mais uma vez, passei mal. Vomitei de novo", completou.

E-mail de William Bonner

Após passar pelo desafio, Laurence ainda recebeu o reconhecimento de ninguém menos do que William Bonner. "Voltei para a redação. Quando eu voltei, meu chefe falou: 'Viu seu e-mail?'. Aí eu falei que não tinha e-mail no telefone, eu ainda estava jogando o jogo da cobrinha. Aí ele respondeu: 'Então, vai olhar", relatou ele. "Tinha um e-mail do Bonner da bancada do Jornal elogiando, dizendo que a entrada tinha sido muito bacana, que eu tinha sido muito correto", completou.

Ele ainda brincou sobre ter descoberto que o computador do âncora funciona. "Ele mandou e-mail da bancada e, pelo horário, dava para ver que ele estava no ar", explicou.

Mudou a vida

Com a entrevista feita e os elogios de Bonner, Bruno contou que aquela oportunidade foi determinante para alavancar sua trajetória profissional. "Ali, minha vida mudou lá dentro", revelou. "O Lewis Hamilton fez a sua vida profissional mudar", resumiu Rafinha Bastos. "Fez e ele não foi campeão do mundo nesse ano", brincou Bruno.

"Foi um dia que, de fato, mudou a minha vida. Eu acredito muito nisso. Que todos tenhamos dias que são importantes e que ficam marcados como oportunidades que você vai lá e mostra que você é bom", concluiu.