O essencial da manhã: Vereadores do Rio já discutem CPI para investigar 'QG da propina'

Preço da carne dispara nos açougues

RIO — Confira as principais notícias do dia.

Vereadores articulam criação de CPI sobre denúncias na prefeitura do Rio

Vereadores da oposição articulam a criação de uma CPI para apurar a existência de um “balcão de negócios” na prefeitura do Rio, e aliados do prefeito Marcelo Crivella cogitam apresentar um pedido próprio, a fim de controlar as investigações. O suposto esquema foi delatado pelo doleiro Sérgio Mizhay e é investigado pelo Ministério Público, conforme mostrou reportagem do GLOBO.

O que está acontecendo: a bancada do PSOL e os vereadores Paulo Messina (PSD) e Teresa Bergher (PSDB) buscam 17 assinaturas necessárias para instalar a CPI. Doze parlamentares ouvidos ontem afirmaram estar dispostos a apoiar a criação da comissão.

Em detalhes: dois citados pelo doleiro como portadores de cheques de propina se dizem melhores amigos nas redes sociais. Um trabalha na Riotur e o outro é ex-funcionário da empresa municipal.

Podcast: repórteres detalham a proximidade de Crivella com Rafael Alves , empresário investigado pelo MP.

Banco do Brasil entra no radar das privatizações

O ministro Paulo Guedes (Economia) discute com a equipe econômica a inclusão do Banco do Brasil na lista de privatizações que será enviada ao Congresso no ano que vem. Oficialmente, o Ministério da Economia nega a intenção de privatizar a instituição, mas o assunto foi abordado em reunião do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) há duas semanas.

Bastidores: o primeiro desafio de Guedes é convencer o presidente Jair Bolsonaro a aceitar a venda. Enquanto isso, emissários do ministro tentam sentir o clima do Congresso sobre como a eventual proposta seria recebida por parlamentares. É preciso a aprovação de uma lei específica para privatizar o BB.

Com apetite chinês, preço da carne no Brasil pode ficar alto por anos

A alta recente do preço da carne pode continuar pesando no bolso dos brasileiros pelos próximos anos, afirmam especialistas em comércio exterior. Motivada pelo crescente apetite chinês e a proximidade das festas de fim de ano, alguns cortes registraram valorização de até 50% nos supermercados do Rio.

O que está acontecendo: a disparada do preço nos açougues reflete o aumento em 44% das exportações brasileiras para a China, que reduziu seus rebanhos à metade por causa da febre suína africana e registra aumento da demanda interna. Especialistas explicam que o ciclo de maturação do boi leva de quatro a seis anos, o que indica lenta expansão da oferta da carne no mercado brasileiro.

José Casado

Jair Bolsonaro resolveu flertar com a possibilidade um choque com o Supremo e o Congresso. Simultaneamente.

Viu isso?

Paraisópolis: a PM de São Paulo afastou seis dos 38 policiais envolvidos na ação que deixou nove mortes. Conheça a história dos jovens mortos.

Ciência: pesquisadores da UFRJ desvendaram mecanismo bioquímico da esclerose lateral amiotrófica (ELA), a doença que afligia Stephen Hawking.

Garantidos: o Vasco venceu o Cruzeiro por 1 a 0 e livrou o Botafogo e o Fluminense do rebaixamento.

Bola de Ouro: Lionel Messi venceu o tradicional prêmio pela sexta vez. O brasileiro Alisson foi eleito o melhor goleiro.

“O embate ideológico virou o eixo na cultura”

HELENA SEVERO, EX-PRESIDENTE DA BN

Em entrevista, gestora exonerada da Biblioteca Nacional diz se preocupar com filtros na fundação.

Carlos Siqueira: ‘Entre o PT e o Brasil, o PT escolhe a si mesmo’

Em entrevista, presidente do PSB comenta declarações do ex-presidente Lula e a relação entre os partidos de esquerda com vistas às próximas eleições.

Venezuela: escândalos de aliados enfraquecem Guaidó

Denúncias de corrupção desgastam oposição liderada pelo presidente da Assembleia Nacional. Risco de fragmentação política pode favorecer Maduro.

Essas são as principais notícias desta manhã. Acompanhe, também, a