O GLOBO, Valor, g1, Folha, Estadão e UOL se reúnem com partidos e divulgam regras de debate presidencial

O consórcio de veículos de imprensa — que inclui O GLOBO, Valor, g1, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e UOL — se reuniu na manhã desta quarta-feira com representantes de partidos com candidatos à Presidência da República. Na reunião, foram informadas regras do debate em pool que o consórcio anunciou para o dia 14 de setembro.

Guia O GLOBO Eleições: conheça os pré-candidatos ao governo e ao Senado nos estados

Rio, SP e MG: Leia as entrevistas do GLOBO com os pré-candidatos ao governo

As campanhas de Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), Pablo Marçal (PROS), Vera Lúcia (PSTU) e Sofia Manzano (PCB) enviaram representantes para a reunião. Líder nas pesquisas, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não enviou representante, assim como Luiz Felipe D’Avila (Novo), André Janones (Avante), José Maria Eymael (DC), Leonardo Péricles (UP) e Soraya Thronicke (UB), que também foram convidados. Todos os partidos, inclusive os que não enviaram representante, receberam a ata com as regras do debate informadas na reunião.

Na reunião, o consórcio informou que irá convidar para o debate os quatro primeiros colocados na última pesquisa Ipec ou Datafolha da semana que antecede a realização do evento. Em caso de empate nas intenções de voto (não será levada em conta a margem de erro), o candidato cuja coligação tenha mais parlamentares no Congresso será convidado. O evento ocorrerá desde que ao menos três dos quatro primeiros colocados confirmem presença e compareçam no dia. Os partidos têm até a próxima quarta-feira (10) para, caso o candidato se qualifique, firmarem o compromisso de participar do debate.

O debate terá duração aproximada de duas horas e será transmitido ao vivo exclusivamente nas plataformas digitais dos veículos do consórcio. Juntos, os seis veículos são lidos mensalmente por 74 milhões de pessoas.

Eleições 2022: o que é verdadeiro e o que é falso sobre urnas eletrônicas

Serão usados os recursos de tela dividida, para mostrar simultaneamente os candidatos que estão debatendo entre si, e de banco de minutos, em que os candidatos administram o próprio tempo e podem dar respostas mais longas ou curtas a seu próprio critério.

Para estimular um diálogo aprofundado, que revele suas visões sobre o país e dê aos candidatos a oportunidade de responder a questões de interesse público, o modelo de debate permitirá tanto perguntas entre os candidatos quanto de jornalistas para candidatos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos