O mistério das praias intocadas da Rússia que ficaram tóxicas de repente

No fim de setembro, relatos de uma estranha doença começaram a surgir na costa de Kamchatka, paraíso de surfistas banhado pelo oceano Pacífico no extremo leste da Rússia. Pessoas começaram a apresentar queimaduras na pele, visão turva, vômito e dificuldade para respirar. E animais mortos também passaram a aparecer nas praias – centenas de polvos, peixes e outros formaram uma espécie de "tapete da morte" cobrindo as areias. Desde então, todos tentam entender o que acontece. Rumores sobre pesticidas vencidos, vazamentos de combustível de foguete e algas tóxicas se espalharam. A ONG Greenpeace declarou o caso como um desastre ecológico. Mas a real causa da tragédia ainda é um mistério. Veja no vídeo.