O ‘não’ só vale para as mulheres? Fiuk tem o direito de não ficar com Thais

Bárbara Saryne
·3 minuto de leitura
Thais quer ficar com Fiuk mais uma vez (Foto: Reprodução/Globo)
Thais quer ficar com Fiuk mais uma vez (Foto: Reprodução/Globo)

Um debate sobre machismo estrutural foi levantado nas redes sociais na manhã desta quinta-feira (11). A discussão gerou em torno do comportamento de Fiuk, que não quer ficar com Thais no ‘BBB 21’. Muitos chamaram o artista de “frouxo” e disseram que o pai dele, Fábio Júnior, deve estar com vergonha do seu comportamento no reality da Globo.

Fiuk já falou muitas bobagens no programa, mas não deve ser julgado pelo fato de não querer beijar uma mulher. As piadas desrespeitosas refletem o peso que muitos homens sentem no dia a dia chegando até, em alguns casos, agirem contra a própria vontade para não terem a sexualidade questionada. O “não” existe para todos e deve ser sempre respeitado.

Leia também:

Vale lembrar que Thais não tem culpa de nada. Ela sentiu que havia espaço para investir na relação após ganhar um beijo na semana passada. Antes disso, Fiuk tinha falado que não queria compromisso e era tímido na conquista, mas é compreensível que estando confinada Thais teria esperança de, pelo menos, curtir as festas como “ficante” do artista.

Nesta quarta-feira (11), o filho de Fábio Júnior foi mais claro com Thais e chegou a expor suas fragilidades. “Tenho ansiedade, depressão, tudo isso acontecendo. O meu medo, olha até onde vai, a gente fica aqui e dá um beijo, você sente vontade de ficar abraçada comigo, aí eu tô numa noia e você entende isso errado, e eu não consigo te dar atenção”, afirmou.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Thais garantiu que não está focada em casamento, mas respeitou a opinião do rapaz, que tem chamado atenção por estar muito calado nos últimos dias. “Sou de boa, gosto de viver o momento, se der deu, se não der não deu (...) Concordo com você de se preocupar e concordo com você de não tirar o foco daqui”, respondeu a dentista.

Na sequência, Fiuk disse que não descarta a possibilidade de um dia se relacionar com ela. O que o cantor espera é um momento confortável para que ninguém se sinta usado.

“A partir do momento que a gente sentir que os dois se entenderam na pele, no beijo, a gente brinca. Não vamos brincar com coisa séria”, continuou. “Você acha que estaria brincando com coisa séria?”, questionou Thais. “Da minha parte eu estaria brincando. Fechou?, perguntou Fiuk. “Fechou”, respondeu a moça.

Apesar de parecer estranho o fato de Fiuk insistir sobre não querer relacionamento sério (ouvindo da própria Thais que isso não é esperado), ele mostra em sua fala uma dose de responsabilidade afetiva. Entender que não está em um bom momento e não querer iludir o outro é louvável e não deveria ser visto como piada.

Thais, por outro lado, não pode cair na armadilha de achar que tem alguma responsabilidade sobre a saúde mental do homem que está interessada. Assim que acabou o papo com Fiuk, a dentista procurou Lumena para pedir conselhos a fim de ajudar o artista a lidar com suas crises. Da mesma forma que o “não” existe para todos, o “basta” muitas vezes é necessário.