O Pombo e as gatas: Richarlison passa a seguir seleção de musas após estreia vitoriosa na Copa; saiba quem são

Depois de ganhar cinco milhões de seguidores em um dia com a estreia do Brasil na Copa do Mundo, Richarlison mostrou que também é habilidoso no ataque fora do campo. Entre artistas, influenciadoras e modelos, o centroavante da seleção foi seguido, mas também seguiu várias beldades depois de marcar dois gols contra a Sérvia na última quinta-feira.

Entre todos os seguidores que agora fazem parte de um exército de pombinhos, as escolhidas para serem seguidas por ele foram 12 musas.

Nascida em 2002, com 20 anos de idade, a influenciadora Duda Cardoso foi uma das primeiras a entrar na lista de moças que vão aparecer com frequência no Instagram do craque. Goiana, ela tem mais de 86 mil seguidores na rede social e acumula 2,7 milhões de curtidas em seu perfil do TikTok.

A youtuber Gabby Souza também foi seguida pelo Pombo depois do jogo do Brasil. No dia da estreia da seleção, ela publicou uma sequência de fotos sensuais. Com o rosto sutilmente pintado de verde e amarelo, Gabby posou com um top das mesmas cores e não fez questão de esconder a calcinha com uma bandeira do Brasil.

Modelo, Lary Kelbert é outra beldade que foi notada pelo jogador. A loira tem quase 500 mil seguidores no Instagram e passou a seguir Richarlison só depois da partida. Mas ele não foi o único! Além do Pombo, Lary aproveitou a vitória do Brasil contra a Sérvia para seguir Neymar na rede social.

A cantora Duda Kropf fez como Kelbert e seguiu Richarlison depois dos gols. Com mais de 1 milhão de pessoas acompanhando suas postagens no Instagram, a moça ganhou um nome para lá de especial em sua lista de seguidores. No dia da partida, Duda também tinha postado fotos com uma camisa do Brasil.

Recém-solteira, a tiktoker Beca Barreto também faz parte da escalação do craque. A moça viveu um namoro de idas e vindas com o cantor e também tiktoker Nilson Neto, que chegou ao fim no último mês. Com apenas 21 anos, Beca conquistou um império com as dancinhas que faz na web. Ela tem mais de 10 milhões de seguidores no Instagram e 21 milhões no Tiktok.

A atriz, bailarina e coreógrafa Carla Bruno foi outra que conquistou Richarlison. Participante da "Dança dos Famosos" deste ano, em seu perfil, ela ostenta elasticidade, mostra seu trabalho de bailarina e, claro, exibe o corpo de atleta que veio com muita atividade física mas, principalmente, com a dança.

Os 3 milhões de seguidores da influenciadora Maria Lina ganharam mais um integrante para o time. Blogueira fitness, a moça faz parte das beldades notadas por Richarlison que postaram fotos com looks temáticos da Copa na partida em que o craque foi destaque. Maria está acompanhando o Mundial de um cruzeiro de luxo que, por coincidência, é o mesmo no qual Sandri, ex do jogador, também está.

A influenciadora Gaby Ceilyn foi seguida pelo Pombo depois do jogo. No Instagram, ela posa de biquíni com bastante frequência e tem curtidas de Renan Bolsonaro, filho do presidente, em suas fotos.

Fugindo um pouco das preferências dos demais jogadores, Richarlison parece ter certo apreço por um estilo bem específico de mulheres: as e-girls. O termo surgiu na internet para fazer referência às meninas que fazem parte do mundo gamer, como é o caso de Ale Maze. Além de ser integrante do mundinho dos e-sports, a moça é streamer, apresentadora e influenciadora. Com mechas rosas no cabelo, ela compartilha com mais de um milhão de seguidores seu trabalho e sua rotina.

Seguindo a linha dos cabelos cor-de-rosa, a influenciadora Milena Esquierdo também chamou atenção do craque. Além de produzir vídeos mais voltados para o humor, ela é streamer e tem quase seis milhões de seguidores no Instagram.

Além de Maze e Milena, o centroavante da seleção seguiu Larissa Costa, que também é streamer. Em 2016, ela foi Miss Rio Grande do Sul e, de lá para cá, começou a investir na carreira de influenciadora, produzindo conteúdo sobre games, mas sem deixar a moda de lado.

Atleta do time de futebol feminino do Botafogo, Amanda Camargo parece estar jogando em casa. Apesar de ser do ramo, ela só começou a seguir Richarlison depois da Copa do Mundo, afinal, ela acompanha pouco mais de 100 pessoas na rede social. De 2019 para cá, além do Botafogo, Amanda já passou pelo Corinthians, pelo Santos, pelo Grêmio e pelo Ceará.