O que ajuda e o que atrapalha reeleição de Bolsonaro, segundo eleitores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Presidente Jair Bolsonaro aposta na PEC Kamikaze para angariar votos de beneficiados (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro aposta na PEC Kamikaze para angariar votos de beneficiados (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)

A nova pesquisa Genial/Quaest questionou eleitores brasileiro sobre o que aumenta e o que diminui as chances de ele votarem no presidente Jair Bolsonaro (PL).

As respostas mostram que Bolsonaro tem acertado nas tentativas de se manter vivo na disputa eleitoral, como a criação da chamada “PEC Kamikaze” e a pressão para que governadores reduzam o ICMS, para diminuir o preço dos combustíveis. Com a criação de um subsídio para caminhoneiros, 31% dizem que as chances de votar no presidente aumentam. Caso haja redução do ICMS, 30% veem com bons olhos o voto em Bolsonaro.

Ao mesmo tempo, escândalos envolvendo o governo Bolsonaro jogam contra o presidente e tem forte influencia na redução de chances de que eleitores optem por votar pela reeleição de Bolsonaro. A prisão de Milton Ribeiro, por exemplo, faz com que 39% reduzam as chances de votar em Bolsonaro. Já o assédio de Pedro Guimarães, ex-presidente da Caixa, diminui as chances de voto para 38% dos eleitores.

O levantamento foi feito entre os dias 29 de junho e 2 de julho. Foram ouvidas 2 mil pessoas por meio de entrevistas face a face e a margem de erro é de 2 pontos percentuais. O registro no TSE é BR-01763/2022.

Os eleitores foram questionados: com esse fato, suas chances de votar em Bolsonaro aumenta, não mudam, diminuem? Veja os resultados.

Criação de subsídio para caminhoneiros

  • Chances aumentam: 31%

  • Não faz diferença: 40%

  • Diminuem: 27%

  • Não sabem/não responderam: 2%

Redução do ICMS

  • Chances aumentam: 30%

  • Não faz diferença: 41%

  • Diminuem: 26%

  • Não sabem/não responderam: 3%

Saída do Presidente da Petrobras

  • Chances aumentam: 28%

  • Não faz diferença: 41%

  • Diminuem: 29%

  • Não sabem/não responderam: 2%

Aumento do Auxílio Brasil para R$ 600

  • Chances aumentam: 21%

  • Não faz diferença: 49%

  • Diminuem: 28%

  • Não sabem/não responderam: 2%

Prisão de Milton Ribeiro

  • Chances aumentam: 18%

  • Não faz diferença: 40%

  • Diminuem: 39%

  • Não sabem/não responderam: 3%

Assédio do Presidente da Caixa

  • Chances aumentam: 16%

  • Não faz diferença: 43%

  • Diminuem: 38%

  • Não sabem/não responderam: 2%

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos