'Ameaçado de cadeia': o que Bolsonaro disse no dia 4 de agosto?

O que Bolsonaro disse no dia 4 de agosto? (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
O que Bolsonaro disse no dia 4 de agosto? (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
  • O Yahoo Notícias faz um resumo diário das falas em eventos e redes dos três candidatos à Presidência mais bem posicionados das pesquisas. São eles: Jair Bolsonaro (PL), Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT). 

Nesta quinta-feira (4), Jair Bolsonaro (PL), presidente da República e candidato à reeleição, voltou a se encontrar com líderes evangélicos, desta vez, em São Paulo (SP). À tarde, participou da cerimônia de promoção de oficiais-generais das Forças Armadas, no Palácio do Planalto, em Brasília (DF).

Bolsonaro fez mais postagens nas redes sociais do que vinha fazendo nos últimos dias e atacou a comunicação que o Partidos dos Trabalhadores realiza em seus eventos.

Veja o que foi tema para o presidente e candidato nas redes e nas ruas:

Veja o que Bolsonaro disse:

  • "É muito mais fácil estar do outro lado, mas muito mais fácil, e não estar sendo ameaçado de cadeia quando deixar o governo".

  • "Acabamos de sancionar um projeto, que transformou-se em lei, do piso nacional da enfermagem."

  • "Parabéns aí à Petrobras. Já haviam reduzido nas últimas duas semanas R$ 0,35 no preço da gasolina lá na refinaria. A gente espera que outras reduções aconteçam aí na nossa Petrobras"

O que Jair Bolsonaro (PL) tem falado em sua campanha?

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos