O que diz a teoria da imortalidade que está fazendo as redes sociais pirarem

·1 min de leitura
A artista plástica nigeriana-americana Joli Glad viralizou no TikTok ao explicar a
A artista plástica nigeriana-americana Joli Glad viralizou no TikTok ao explicar a "teoria da imortalidade" - Reprodução/TikTok
  • Uma usuária do TikTok viralizou ao explicar a teoria de que "ninguém nunca morre de verdade"

  • Ela sugere que, em nossa realidade, apocalipses acontecem todos os dias, assustando a web

  • O vídeo ultrapassou 5 milhões de visualizações e mais de 1 milhão de curtidas

Existe vida após a morte? Uma artista plástica nigeriana-americana viralizou no TikTok ao explicar a teoria de que "ninguém nunca morre de verdade" e que "a consciência nunca experimenta a morte".

Em sua rede social, Joli Glad falou sobre a "teoria da imortalidade quântica" do físico americano Hugh Everett III (1930-1982).

Leia também:

"Sempre que você morre em um universo, sua consciência é transferida para outro universo onde você sobrevive", afirmou Joli Glad.

Ela continuou: "Depois que o apocalipse inevitável ocorrer, você vai acordar no dia seguinte em uma nova realidade, e a próxima coisa que você sabe, vai se encontrar no Reddit falando sobre 'desde quando Pizza Hut tem dois Ts?'".

A teoria tem relação com o chamado Efeito Mandela, fenômeno que ocorre quando um indivíduo acredita em uma memória distorcida. Recebeu este nome porque muitas pessoas acreditam que Nelson Mandela morreu na prisão nos anos 80, quando na verdade morreu em 2013.

Joli sugere que, em nossa realidade, apocalipses acontecem todos os dias, o que deixou muitos usuários se sentindo, no mínimo, desconfortáveis.

"Você não acredita em mim? Ok, já se passaram cerca de 65 milhões de anos desde que os asteróides supostamente eliminaram os dinossauros. Quer me dizer que, nos últimos 65 milhões de anos, nenhum outro asteróide passou pela vizinhança e nos tirou? O que estou dizendo é que a Terra provavelmente está sempre sendo removida, e nossa consciência continua sendo transferida para outro universo paralelo, e então outro, e outro", prosseguiu ela.

O vídeo ultrapassou 5 milhões de visualizações e mais de 1 milhão de curtidas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos