O que é open banking?

Redação Finanças
·1 minuto de leitura

Imagine um mundo onde você não precisa perder tempo e paciência para migrar de um banco para o outro? Isso pode acontecer em breve graças ao Open Banking.

Veja também

Nesse modelo inovador de “sistema bancário aberto”, o cliente poderá mudar de instituição financeira sem aquela burocracia chata e sem perder o histórico que construiu com a anterior.

O Open Banking, apesar do termo, tem uma ideia simples: é como um cadastro universal com seus dados, que vão de score de crédito, faturas pagas, empréstimos e por aí vai.

Dessa forma, a comunicação entre as instituições será padronizada, criando uma maior competição entre elas, além de complementar seus serviços.

Um cliente pode pedir um empréstimo em um banco e usar o histórico que possui em outro para conseguir taxas e limites mais agradáveis ao bolso. Ou investir em um e usar o cartão de crédito do concorrente.

Se você está preocupado com a segurança de suas informações, o modelo que será empregado no Brasil é totalmente seguro. E o melhor: só haverá compartilhamento dos dados se você permitir.

O Reino Unido foi o pioneiro a adotar a tecnologia, em 2018. Por aqui, o Open Banking deve se tornar realidade ainda em 2021.