O que está em jogo na troca de partido por Bolsonaro

Foto: Claudio Reis/FramePhoto/Folhapress

O que está em jogo na situação

Apoio no Congresso

O PSL tem a 2ª maior bancada da Câmara. Em um partido menor, em tese, Bolsonaro teria mais dificuldade de angariar votos para aprovar projetos.

Cargos e funções na Câmara e no Senado

A participação em comissões permanentes no Legislativo é definida de acordo com a proporção de parlamentares em cada partido. Pela lei, quem muda de legenda perde o cargo ou função exercida que tenha sido distribuído com base nessa regra.

Leia mais sobre a crise no PSL

Fundo partidário

A distribuição do fundo partidário (que financia, com verbas públicas, o funcionamento das legendas) leva em conta os votos obtidos na última eleição para a Câmara. Mudanças nas bancadas ao longo da legislatura não são consideradas na hora da divisão.

Fundo eleitoral

O fundo público para campanhas eleitorais leva em conta o resultado da eleição —parlamentares aliados de Bolsonaro que eventualmente decidirem deixar o PSL não levam consigo uma fatia do fundo eleitoral. O valor do fundo será definido na votação da Lei Orçamentária de 2020, no fim do ano.

O vaivém partidário de Bolsonaro

PDC

1989 - 1993*

PPR

1993 - 1995*

PPB

1995 - 2003*

PTB

2003 - 2005

PFL

2005 (atual DEM)

PP

2005 - 2016 (antigo PPB)

PSC

2016 - 2018

PSL

2018

*Fusões