'Nosso país era soberano e respeitado': o que Lula disse no dia 11 de agosto?

O que Lula disse no dia 11 de agosto? (Foto: REUTERS/Diego Vara)
O que Lula disse no dia 11 de agosto? (Foto: REUTERS/Diego Vara)
  • O Yahoo Notícias faz um resumo diário das falas em eventos e redes dos três candidatos à Presidência mais bem posicionados das pesquisas. São eles Jair Bolsonaro (PL), Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT).

Nesta quinta-feira (11), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ex-presidente da República e candidato ao cargo novamente neste ano, não cumpriu agenda pública. A atividade do petista se resumiu às interações e postagens nas redes sociais.

Lula defendeu a recuperação de um Brasil "soberano e respeitado" na manhã desta quinta, dia em que atos pela democracia são organizados pelo país. Líder nas pesquisas de intenção de voto, Lula assinou o manifesto pró-democracia organizado por entidades e por alunos da Faculdade de Direito da USP.

O petista também decidiu inaugurar sua campanha eleitoral com ato na porta da fábrica MWM Motores e Geradores, no bairro de Jurubatuba, na zona sul de São Paulo. O evento está previsto para as 7h de terça-feira (16), dia em que os candidatos podem começar a pedir votos publicamente.

Veja o que foi tema para o candidato nas redes e nas ruas:

  • Celebrou o manifesto pró-democracia organizado por entidades e por alunos da Faculdade de Direito da USP;

  • Prometeu recuperar um Brasil "soberano e respeitado", caso seja eleito;

  • Destacou programas e políticas públicas na Educação durante os governos do PT, como FIES e PROUNI

Veja o que Lula disse:

  • "Defender a democracia é defender o direito a uma alimentação de qualidade, a um bom emprego, salário justo, acesso à saúde e educação. Aquilo que o povo brasileiro deveria ter"

  • "O dia 11 de agosto marca a criação dos cursos Jurídicos no país e o Dia do Advogado. Em 2022, o dia também marca a leitura da Carta em Defesa do Estado Democrático no Brasil"

O que Lula (PT) tem falado em sua campanha?

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022: