O que são e como utilizar os AirTags

·3 min de leitura

No evento da Apple de abril de 2020 — o primeiro a ser realizado de forma 100% digital, sem público ao vivo, por conta da pandemia do covid-19 —, tivemos a apresentação de alguns produtos importantes, como os novos modelos do iMac e do iPad Pro, a Apple TV 4K, uma edição na cor lilás do iPhone 12, e o lançamento de um novo produto da Apple, os AirTags.

Mas você sabe exatamente o que é, como funciona e para que serve um AirTag da Apple? Leia abaixo e entenda melhor tudo sobre o novo produto da empresa da maçã.

O que são os AirTags

Não, não são bottoms ou chaveiros da Apple — os AirTags são rastreadores Bluetooth, desenvolvidos para que você anexe ao seu chaveiro, carteira, mochila, guarda-chuva, bicicleta, mala de viagem, ou o que quiser, e localize de maneira rápida, prática e segura a partir do app Buscar do iOS.

AirTags da Apple, lançados no evento de abril de 2020. Foto: Mark Chan (Unsplash)
AirTags da Apple, lançados no evento de abril de 2020. Foto: Mark Chan (Unsplash)

O dispositivo de localização utiliza a tecnologia Ultra Wideband (UWB), que emite sinais via Bluetooth para outros aparelhos próximos, que se comunicam com a internet e repassam as informações de localização do seu AirTag, até que chegue de forma precisa para você — muito similar ao novo recurso Low Power Find My (“Buscar com Baixa Energia”, em tradução livre) que os modelos do iPhone 11 e gerações posteriores utilizam para enviar a sua localização por até 24 horas mesmo com o dispositivo desligado.

Ou seja, considerando que o limite de conexão Bluetooth é de até 100 metros em condições extremas, os AirTags só precisam localizar um aparelho de alguém dentro deste raio — seja este um smartphone Android, tablet, computador ou mesmo outro iPhone — que esteja com o Bluetooth ligado e conectado à internet para poder repassar a sua localização — praticamente um "telefone sem fio". Interessante, não?

Como utilizar os AirTags

Para utilizá-lo é muito simples: basta pareá-lo ao seu iPhone — assim como você faz com os AirPods, por exemplo —, renomeá-lo e pronto. No app Buscar do iOS, você o encontrará listado nos dispositivos da sua conta do iCloud.

Utiliza-se o app Buscar do iOS para localizar seus AirTags da Apple. Foto: Đức Trịnh (Unsplash)
Utiliza-se o app Buscar do iOS para localizar seus AirTags da Apple. Foto: Đức Trịnh (Unsplash)

Sendo assim, basta você anexá-lo ao seu chaveiro e renomeá-lo como "Minhas Chaves", por exemplo. Ao abrir o app Buscar, você encontrará o dispositivo listado como suas chaves e poderá rastreá-las a partir do AirTag anexado ao seu chaveiro. Ou seja, na prática, você estará localizando seus AirTags, mas também o objeto que você decidir anexar com eles — em um exemplo mais prático, você pode utilizar para encontrar mochilas ou malas de viagem despachadas.

Localize quaisquer itens que você decidir anexar os seus AirTags. Imagem: Reprodução (Apple)
Localize quaisquer itens que você decidir anexar os seus AirTags. Imagem: Reprodução (Apple)

Importante: uma discussão polêmica é em relação ao uso do AirTag para o rastreamento de pessoas. Por motivos óbvios, trata-se de uma ação ilegal e que configura crime, não apenas no Brasil, como em outros lugares do mundo. Além de proibido, é simples e fácil para que outros dispositivos, mesmo aparelhos Android, identifiquem a presença de um AirTag próximo a alguém.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos